31/10/2011

L'ora legale e solare

                    Como no Brasil (alguns estados dele, melhor dizendo) aqui também tem horário de verão, que acabou nesse fim de semana que passou. Porém, não se chama horário de verão. Por aqui se diz hora legal e hora solar. 
                       A hora solar é o horário normal, e a hora legal é o horário de verão, no qual se adianta o relógio em 1 hora com o objetivo de economizar energia elétrica, aproveitando ao máximo a luz do dia., e se chama legal pois é determinada por uma lei.
                        Quem teve a ideia inicialmente, foi Benjamin Franklin em 1784, mas só mais de 1 século depois é que foi colocada em prática, na Inglaterra, principalmente para economizar nos tempos da 1ª Guerra. Toda a União Europeia e a Suíça, adotam o horário legal, que entra sempre no último domingo de março e acaba no último domingo de outubro.


                         Essa mudança de horários só atrapalha um pouco a gente que precisa falar no Brasil. Pois, quando no Brasil tava no horário normal e aqui no horário de verão, a diferença ficava em 5 horas. Já quando entrou o horário de verão no Brasil, e aqui também estava no de verão, a diferença caiu para 4 horas. E agora, que no Brasil está no de verão e aqui no normal (solar) a diferença caiu para 3 horas! Concluindo: é melhor o Brasil no verão e a Itália no outono-inverno! ahahhaha
                          Amanhã é feriado na Itália, Dia de todos os Santos, já no Brasil é feriado na quarta né? Que é dia de Finados, que aqui invece não é feriado! 
                          Bem, mesmo com um dia de diferença, um bom feriado para nós!!!
                          Baci a tutti!


28/10/2011

Por aqui é diferente... Parte 10

                     Depois de uma "pausa" na série Por aqui é diferente, venho hoje com o nº 10. E, trabalhando numa distribuidora de combustíveis, nada mais justo do que mostrar as diferenças dos combustíveis daqui né?
                          Então vamos lá!

- Por aqui a Gasolina se chama Benzina SP, ou seja Senza Piombo (sem chumbo), chamada também de Verde. Pois essa é exatamente a cor dela. A octanagem padrão da UE é de 95, alguns distribuidores têm também as de 98 e 100. Lembrando que quanto maior a octanagem maiores os benefícios (rendimento, etc). Comparando com a do Brasil, a gasolina comum tem octanagem de 87, a Premium 91 e a Podium 95 e tem cor amarela. O litro da benzina aqui tá em torno de 1,57 o Litro, em média.


- Por aqui, o Diesel é o combustível mais consumido e é mais comumente chamado de Gasolio. Polui mais que a Gasolina, mas tem um maior rendimento pra quem roda muito por aí. Não achei informações para comparar com o diesel brasileiro, que acaba sendo usado só por alguns tipos de veículos, já que além da gasolina, temos a "sorte" de ter o álcool. Há ainda variações de diesel aditivados, cada posto tem sua marca, custa mais mas é melhor para o motor, polui menos e rende mais. O gasolio aqui custa cerca de 1,47 o Litro, em média.


- Por aqui tem o GPL - é o gás de petróleo, composto por propano e butano. Polui menos, custa menos mas ainda assim, deriva do petróleo. Esse é o mal! E são muito poucos os veículos alimentados por GPL, a dificuldade de encontrar um posto para abastecer esse tipo de combustível também é grande. Custa cerca de 0,72 L.



- Por aqui tem o Metano, que seria o nosso GNV. Também não é tão comum por aqui. Custa cerca de 0,90 kg.

                      É isso! Um bom fim de semana a todos!
                      Baci!



26/10/2011

Garoarte Produzioni

                      Como falei no post de ontem, "nasceu" da união entre brasileiros e italianos que adoram arte, a Garoarte. Formada por mim, meu marido Tiago Ignácio Branchini , Zezinha Menezes, Aurélio Scotti, Flavio Levati.
                     O Tiago é formado em cinema, como já disse por aqui, tem 2 curtas-metragem feitos no Brasil e a Garoarte é seu sonho realizando aqui na Itália.
                   E eu, por ser esposa dele (antes ainda namorada) acabei sempre participando bastante nos seus roteiros, com correções, opinando, ajudando na produção e tudo o mais, até figuração eu fiz no seu filme "Pedro Rocha". E assim, também faço parte do grupo, uma química, da área de exatas, que tem um blog, gosta de escrever e "faz arte", hahaha!
                  O objetivo da Garoarte é produzir arte, seja cinema, teatro, fotografia, dança ou música. O nome vem da garoa, a chuvinha de São Paulo, que todos bem conhecem, muito parecida com a de Milão.      
                   Acabamos de finalizar a primeira produção da Garoarte, o curta-metragem  "Vite vuote" , em português "Vidas vazias". E é praticamente um monólogo, atuado por nosso amigo Vincenzo, que não é ator profissional,  mas que foi muito bem trabalhado pela Zezinha, que tem uma grande bagagem como diretora e atriz de teatro e dança, entre outros trabalhos.


               O filme é um roteiro do Tiago, e é uma reflexão sobre a sociedade atual, o capitalismo, consumismo, etc.
               Em breve estaremos projetando em alguns espaços aqui na Itália, e depois tentaremos enviá-lo para festivais. 
            "Vite vuote" é todo em italiano, claro, mas será providenciada a legenda em português, para exibirmos também pelo Brasil. 
                 No cartaz estou como "Pubbliche relazioni", pois sou responsável pelos meios de comunicação: email, facebook e o blog que ainda está em construção, fora que fui fotógrafa, batizei o filme, e sou a assistente nº 1 do diretor! hahaha
                  No link acima já podem seguir a página no facebook, onde tem fotos da fase de produção do filme e todas as notícias. Quando o blog estiver pronto para ter "seguidores" e estiver recebendo constantes atualiações, indicarei aqui pra vocês.
                    É isso! 
                    Baci a tutti!                    
                        

25/10/2011

1 ano de Itália!

                         Ontem comentei no post que hoje era um dia especial, era não, é! Hoje completa um ano que saí do Brasil, chegaria em solo italiano só no dia 26, mas prefiro contar o dia da partida, afinal o tempo que passei no avião já fazia parte do "Sonho" né?
                             
- 1 ano que saí do Brasil pra viver um sonho (ou alguns) junto do meu marido;
- 1 ano que estou longe da minha família e amigos queridos;
- 1 ano (e alguns dias mais) que não trabalho na minha profissão (espero que isso logo mude!);
- 1 ano que vivo uma vida real de casada, com tarefas domésticas, rotinas e tudo o mais;
- 1 ano que estou vivendo na Itália, batalhando, junto do meu marido, por espaço, respeito, destaque e crescimento;
- 1 ano, 1 ano, 1 ano.... 1 ano... 


... e é apenas o começo!

                 E fazendo um balanço rápido, foi um ano produtivo, graças à Deus! Claro que se eu olhar meus objetivos iniciais, as coisas foram um pouco mais difíceis, mas aos poucos estão acontecendo, se encaixando.                 
                   Nesse 1 ano:

- trabalhei de faxina em lojas em Milão;
- trabalhei de babá de gêmeos;
- fiz um curso de italiano, na verdade um supletivo de 8ª série, para aprender melhor a língua, junto com italianos e estrangeiros;
- compramos nosso primeiro carro;
- perdi o medo de dirigir e peguei prática e gosto pela coisa;
- estou fazendo a Carteira de Motorista italiana (Patente);
- estou estudando inglês;
- engordei alguns quilos (4, talvez 5);
- tive uma cárie. rs;
- participei de seleções para trabalhar na Politécnico de Milão;
- fiz um curso de Segurança em Laboratório Químico na Politécnico de Milão;
- consegui um trabalho de caixa, registrado, com todos os direitos;
- obtive o reconhecimento da minha profissão pelo Ministério da Justiça italiana;
- viajamos algumas vezes, conhecemos muitos lugares lindos na Itália e fora dela (Suíça e Alemanha);
- com amigos, eu e meu marido, formamos a GaroArte, uma produtora de arte (cinema, teatro e tudo o mais, isso eu conto num próximo post);

                 E há muito chão nessa vida ainda!
                Espero nas próximas comemorações aumentar essa lista e muito! Estudos, trabalho como química, viagens, conquistas, e muito mais!
                 E com o blog, nesse um ano compartilhei com vocês as novidades, as diferenças, as curiosidades, as dificuldades, as conquistas, cada momento especial! E espero continuar, sempre que possível!
                 Deixo aqui para fechar o post, um poema da Clarice Lispector:

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
 e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que quer.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor das oportunidades
que aparecem em seus caminhos.

                        É isso aí! 
                        Baci a tutti!

24/10/2011

Ufa!

                       Ufa! Acho que agora vou ter mais tempo. Chega de tanto trabalhar né? Chega de horas extras, meu colega de trabalho já voltou (estava doente e eu tinha que cobrir suas horas), posso fazer minhas 6 horas e ir embora... isso se meu chefe não tiver mal acostumado, como parece que está, pois hoje me fez fazer ainda 1 hora de extra mesmo com o Massimo de volta! Ai ai ai ....


                         Quero tempo pra escrever, quero tempo pra estudar, quero tempo pra descansar, quero tempo pra procurar outro emprego, quero mais tempo! Mas o tempo passa rápido, os dias vão ficando mais curtos, o tempo mais frio... um conjunto de coisas, rs.
                         Mas prometo que a partir de amanhã vou voltar com meus posts (quase) diários.
                         E amanhã é uma data muito importante e especial, alguém sabe? Alguém se lembra???


                         Se não sabem, não lembram, amanhã vão saber!
                         Baci a voi! A domani!

19/10/2011

Sumida né?

                      Nossa! Não consigo achar um tempinho pra escrever aqui. Hoje não dava pra fugir, né? Há uma semana não dou sinal de vida, não é justo com vocês, com o blog e nem comigo mesma, afinal, isso aqui faz parte de mim, já não vivo sem, rs!
                        Mas a vida tá uma correria só! Trabalho, trabalho, curso, casa, horas extras.. nada fácil! Rs.
                        É assim mesmo né? 
               Vida sem trabalho não é vida, atualmente, ou é? Bem, acho que não. Pra comer, morar, sobreviver, viajar, estudar, fazer o que quiser precisamos do "bendito" dinheiro, e se não temos uma árvore que dá dinheiro (adorava esse livro!), temos que trabalhar!
                     E ultimamente meu chefe tem me explorado, rs. Muitas horas extras, quase a semana toda, muito stress, muitos "cartões Totalerg", hahaha, e tudo o mais!


                     Uma coisa que acho legal lá no trabalho, que acho que não falei na outra vez, é conhecer as pessoas que vão lá. A maioria passa lá quase todo dia. São motoristas de grandes ou pequenas empresas de logística, de entrega, etc e tal, pessoas que vão trabalhar de carro, rodam muito e precisam abastecer sempre. E com o dia-a-dia, vou conhecendo um pouco de cada um, quando dá tempo de trocar uma ideia. Gosto também dos que tem afinidade com o Brasil, moraram lá, já foram pra lá. Tem dois italianos que vão lá e gostam de conversar em português porque já estão esquecendo a língua. Um angolano também está esquecendo o português porque não tem ninguém próximo a ele aqui na Itália que fale a língua, e assim vamos conversando, eles treinando o português e eu conhecendo um pouco deles, da vida deles aqui. Legal!
                 Engraçado os que adivinham de cara que sou brasileira, pelo sotaque, e outros que não acreditam quando falo que sou brasileira, afinal, na cabeça destes, não tenho cara de brasileira, que não tem brasileira branca como a mim, entre outros estereótipos, se é que são estereótipos mesmo!?!?!?!
                  É legal a troca também! Aprendo mais italiano, aumento meu vocabulário, e ensino português pra eles, pro pessoal que trabalha comigo, e outros "curiosos", rs. 
                   Bem, essas são algumas coisas interessantes de trabalhar no comércio. A gente aprende muito com tudo isso... com as pessoas, convivência, rotina, estilo de vida delas, etc... 
                     Só mereço uma folguinha né? 
                     Afinal a vida não é só trabalhar... 
                     Quando conseguir prometo colocar novidades aqui pra vocês!
                     Baci a tutti!
                               

12/10/2011

Estudando inglês

                       Inglês, a língua "globalizada", infelizmente! Infelizmente porque é totalmente diferente da nossa língua latina; infelizmente porque nós brasileiros; principalmente os que estudaram em escola pública, tivemos um inglês de verbo "to be" por anos e não aprendemos nada; infelizmente porque os cursos em que se realmente se aprende são caros e mais infelizmente ainda porque quando mais precisamos é que nos damos conta de todos os "infelizmentes"! 


                         Pois é, e vir pra Itália e seguir meus projetos, não basta só falar italiano, me falta o maledetto inglês. E aqui é quase como no Brasil, não vá pensando ao contrário, que por ser um país de "primeiro mundo", pertencente à União Européia, que todo santo italiano fala inglês. Fala nada! Alguns que fizeram faculdades em determinadas áreas aprenderam, falam, já que o mercado de trabalho exige, mas fora esses (que são minoria, e tanto) falam italiano e olhe lá! Hahaha!
                              E como eu já posso trabalhar como química então, para arrumar um emprego de um nível melhor, tem que ter inglês claro. Para fazer uma pós graduação de alto nível, tem que ter inglês, e por aí vai.
                          Então, lá fui eu procurar um curso. Coisa que não é tão simples, já que, como no Brasil, cursos bons são caros. A coisa boa é que existem cursos acessíveis (e muito) que quebram o galho, até conseguir fazer um curso fora (Inglaterra ou Irlanda) pra realmente aprender alguma coisa. E o que comecei a fazer semana passada é o curso de inglês estatale, do mesmo grupo onde fiz a Licenza Media (para aprender melhor o italiano, como escrevi 'nesse post').
                         Como conhecia a professora, ela me sugeriu de fazer o teste pra saber se meu conhecimento de inglês era suficiente para começar do nivel médio (já que já estudei inglês no Brasil, por 1 ano fora aqueles anos de escola pública). O problema é que com italiano na cabeça, madrelingua português, sem nunca ter usado inglês, resultado: livello basico. Pois é! Fazer o quê? Inicio do verbo To be!
                         Lá o curso custa 70 euros, 3 horas semanais, num total de 30 horas. O livro, 20 euros. 
                         Tá bom pra começar né? 
                        O engraçado é que a professora não é inglesa, muito menos americana. E os italianos têm um jeito bastante particular de falar inglês, por conta da forte e marcada pronúncia da língua italiana. Tem até um vídeo no Youtube, que tira sarro dos italianos falando inglês, mas não sei de que parte da Itália é esse italiano, ou se é alguém imitando italiano também não sei, mas não é tão assim, talvez pior, hahaha!
                       Uma pronúncia que fica assim: good morning(ã), good afternoon(ã), town(ã)... isso porque em italiano a última letra nunca é muda, sempre vai pronunciada... aí fica aquela beleza...rs. Já que o meu português não tem isso, o meu inglês fica melhor que o deles. Hahahaha! 


                    De início tá bom. Quando eu puder faço um curso com nativo inglês, um curso melhor, ou melhor ainda, passo um mesinho lá na inglaterra estudando! Ahhh, se Deus quiser!
                         Baci a tutti!

10/10/2011

Castelletto sopra Ticino/Arona - Lago Maggiore

                         Depois de um sábado difícil, estressante e tudo o mais, veio um domingo de sol, friozinho e belo passeio no Lago Maggiore, mais precisamente nas cidades de Castelletto sopra Ticino e a bellissima Arona. 
                          Casteletto é uma pequena cidade, é numa das extremidades do Lago Maggiore, mais ao sul, e tem a linda vista dos alpes suíços  (bem, que eu achava que fossem, mas não, é o Monte Rosa, que fica ainda na Itália, que o Paulo (a quem sou grata) me informou melhor!)





                       Vendo esse lago tranquilo, os barquinhos, a vilazinha deserta, as montanhas ao fundo pensei que normalmente fazem filmes com cenário de lago, e são normalmente tristes, mas pra mim, paisagens como essa não me dão tristeza, mas sim trazem paz e tranquilidade. Saí de lá com as energias renovadas. 
                    Ainda em Castelletto passamos no Museu Gottard Park, que tem dezenas de automóveis, motos, tratores de época; muita coisa também da época da guerra, como aviões, tanques, etc. Muito legal, e a entrada só custou 5 euros.













                          
                    Engraçado como achei as coisas tão pequenas, as cabines de aviões, tanques, os carros as motos e mobiletes então, pareciam pra crianças! A humanidade realmente cresceu ou eles sofriam pra andar nestas coisas? Hahahah!
                        Depois fomos para Arona, uma charmosa cidade na beira do Lago Maggiore. E lá está a Rocca Borromea di Arona. Que foi palco de inúmeras batalhas, já que fica em um ponto estratégico. O que restou são ruínas devido às inúmeras batalhas medievais e da passagem de  Napoleão e seu exército. Pena que o forte não está mais aberto para visitação, mas tá ali para todos apreciarem, uma vista maravilhosa.







                    Almoçamos num delicioso restaurante com uma vista panorâmica do lago e da Rocca! 
                    Foi um domingo muito agradável e perfeito pra tirar todo stress da semana e começar uma nova semana renovada! 
                    Baci a tutti e buona setttimana!

07/10/2011

A taxa do lixo

                         Todo ano, deve ser paga ao comune a taxa do lixo. A taxa é o pagamento pelo serviço de recolhimento e eliminação/descarte do lixo. Essa taxa é calculada a partir da área da residência e no caso de empresas, as atividades que podem gerar certos tipos de lixo/resíduos, além de todo serviço de limpeza das ruas da cidade.
                            Já comentei lá no início do blog, num dos primeiros posts quando já estava na Itália, como funciona o coleta do lixo, a coleta seletiva e toda organização. Para ter uma idéia, clique aqui.


                             Mas resumindo: a cidade é dividida por zona, cada zona a sua cor, e cada cor tem os dias da semana específicos determinada coleta. Aqui em casa por exemplo, de terça tem a coleta do lixo úmido e lixo seco (tudo aquilo que não é reciclável), na quinta tem a coleta do lixo úmido e papel/vidro/lata (os recicláveis). Na tabela do link acima, se pode ver o que entra em cada categoria. 
                         Já o cálculo da taxa por área, acho que não é tão justo. Porque aqui somos em 2, numa área de 90 m2, vou pagar o mesmo que os vizinhos que são em 5 numa mesma área. É justo??? A nossa aqui ficou em 4 x 43 Euros. Caro! Mas também acho certo cobrar. Em São Paulo sei que tem, não sei se em todo Brasil isso é cobrado e se de forma justa ou não. Também não posso falar por toda Itália. Aqui onde estou é assim e ponto.
                         É isso!
                         Baci a tutti e buon fine settimana!

06/10/2011

É caro ou barato viver na Itália?

                        Mais uma colaboração no Brasil com Z, onde os expatriados estão falando sobre preços, custo de vida no país em que vivem. Ontem foi publicado o meu post. Vou dar uma prévea aqui e contiem lendo lá ok?




É caro ou barato viver na Itália? Ai,que dúvida!


O que muita gente pergunta quando moramos fora é se o custo de vida é alto ou baixo, se é caro ou barato viver aqui. Bem, isso depende. Algumas coisas são bem mais baratas relacionadas ao Brasil, outras já bem mais caras, e outras ficam ali, a mesma coisa.

Vou dar alguns exemplos:

- Aluguel/moradia/comprar apartamento ou casa: caro! É caro acho que como em toda a Europa. Principalmente perto das e nas grandes cidades como Milão. Em Milão vai pagar de 10 a 20 euros o metro quadrado para alugar. Aqui, a 15 km de Milão, em Senago, onde moro, pago cerca de 4,4 euros o metro quadrado do apartamento. Bem, difícil falando assim né? Bem, eu moro num ap. de 90 m2, e pago400 euros o aluguel. Em Milão um desse porte não achará por menos de 1000. Pois é! Isso fora as despesas de condomínio etc.
- Comprar carro: barato! Carros são de fácil acesso aqui, ótimos preços e todo mundo pode ter. Como é barato, as pessoas também trocam muito, o que desvaloriza muito o usado. Comprar um usado vale muito a pena pois são sempre bem conservados e por um ótimo preço. Pagamos 1000 euros por nosso 600 de 1999. E tá ótimo, faz 20 km/L. Hahaha! Pra dar exemplo de carro zero, os mais baratos saem na faixa de 7000/8000 euros, um Sandero (da Dacia, que no Brasil é da Renaut) custa 6950 euros (no Brasil R$20,500). Cliquem aqui e vejam a lista de preços dos carros zeros no mercado hoje.

                              Continue a leitura lá no Brasil com Z, clicando aqui.
                      Baci a tutti!

05/10/2011

Meu trabalho atual

                 Resolvi escrever sobre o meu trabalho atual, afinal muita gente pergunta, leitores do blog, querendo saber o que ando fazendo. Bem, sabem que sou química, que minha profissão foi reconhecida recentemente, e que já comecei a procurar emprego na minha área. Pois é, então química 'ainda' não sou aqui. 
                        Já fiz faxina (é, pois é!), já fui babá, já fiquei desempregada e desde julho sou caixa. É, como se diz por aqui faccio la cassiera. Sou caixa de uma grande rede de combustíveis, um posto de gasolina mais precisamente, na lojinha de conveniência. a BonJour. Escrever isso assim me fez lembrar uma coisa engraçada, hahaha, "Abrindo um parêntesis": (um dia encontramos um brasileiro, no shopping, e perguntamos coisas básicas, quanto tempo de Itália, o que fazia  e tal, aí ele disse: eu trabalho com moda. Ah! Então eu pensei: hum, é estilista, ou é modelo, algo do tipo, rs. Mas não, depois de perguntar a coisa mais claramente, ele respondeu, ah, eu sou vitrinista, faço vitrines de lojas. Hummm! Tá explicado o "moda", então! Aí eu virei, depois claro, para o meu marido e disse: ah, então se ele trabalha com moda eu trabalho numa petrolífera! Hahahaha! Brincadeiras à parte, as pessoas costumam ter 'vergonha' de dizer que faz faxina, é pedreiro, pintor, caixa, atendente, etc e tal... e 'camuflam' o que fazem, para se sentirem melhores. Meu, não tem essa! Estamos aqui pro que der e vier, ou não?!?!?! Não importa o que você faz, mas quem você é! Bem, "fechamos os parêntesis aqui!").


                          Continuando, então, eu sou caixa, e desde que saí de uma loja que trabalhei 3 anos lá na minha terra, disse que nunca mais ia trabalhar em comércio. Lidar com público, dinheiro, vendas, convencer as pessoas, sorrir toda hora, trabalhar aos sábados... ai ai ai. Aí eu digo: bem que me diziam: nunca diga nunca! Mas também, por outro lado, estou feliz. Já que sei que pelo tempo que estou aqui, isso é raro. Emprego com registro, tudo certinho, ganhando razoavelmente bem, trabalhando 6 horas por dia, etc e tal... Mas também tem cada pepino. Porque já contei aqui acho, que os postos de combustíveis aqui é self-service, e de dia, quando a loja tá aberta, você põe combustível o quanto quer e entra depois para pagar. Aí é que tá a coisa. Às vezes algum indivíduo "esquece", abastece e via, vai embora sem pagar! Aí o pepino é todo meu, que tenho que confirmar através das telecâmeras que ele fugiu sem pagar, ou torcer pra que volte, senão fazer a denúncia para a polícia. Porque ficar sem pagar a pessoa não fica! Através da placa, fazemos a denúncia e a pessoa recebe a "multa" em casa, com juros e mora... bem, até aí tudo bem! 
                               Fora isso, tem também as maledette tessere, os cartões de fidelidade. Porque aqui na Itália nunca vi tanto cartão fidelidade: supermercados, lojas, pizzaria, posto de gasolina, etc e etc... Aqueles cartões que você apresenta e junta pontos pra trocar por 'prêmios' e também ganha descontos. Lá no posto tem. E esse maldito cartão eu tenho uma meta a cumprir. E meu "querido" chefe, me rompe le scatole todos os dias com o mesmo discurso! "Quantas Totalerg Più você fez hoje?? Tem que fazer mais, mínimo 10, mínimo 15, mínimo 20"  ahhhhhhhhhhhhhhhhhh! Odeio metas! Sei que são necessárias, mas odeio! Outra coisa: odeio marketeiros, ahhhhhhhhhh! Meu chefe é um, e ele veste a camisa da empresa, e quer ser o número um em tudo, em vendas, em cartões, em sim telefonica (porque além de tudo, o posto tem um operadora de celular, ai ai ai, pode? rs).. eu não aguento!


                     Bem, tenho que aguentar né?
                E sei que é uma fase. Uma etapa. E logo logo estarei num outro lugar, trabalhando na minha profissão, e isso vai melhorar, e muito, espero.
                     Ah, não falei o posto que trabalho né? É o Totalerg, pra saber alguma coisa deles cliquem aqui. 
                     Baci a tutti!
                              

04/10/2011

15º Censimento Generale

              Começou o censo italiano. Até 20 de novembro toda a população deve preencher e entregar o formulário que já está chegando em todas as casas (o nosso chegou hoje). Existe também a opção de preencher on line e ainda ter orientação de preenchimento em outros idiomas, facilitando a coisa para estrangeiros.
                 Bem, mas quais os tipos de questões? Dados familiares. estado civil, cidadania, grau de instrução, condição profissional,  e só! E parece que isso já tá esquentando a cabeça de muitos. 
        Segundo alguns jornais, pessoas já estão reclamando que as questões são difíceis (difíceis principalmente para estrangeiros e idosos), que é preciso ler muitas vezes para entender... ai ai ai... Exemplos de pergunta difícil segundo o jornal:

- Differenziazione tra alloggio e abitazione (diferenciação entre alojamento e habitação)
- concetto di coabitazione e dati delle famiglie coabitanti (conceito de coabitação e dados das famílias coabitantes)
- Dettagliate informazioni sull'impianto di riscaldamento (metano, gasolio, gpl... ecc) (informações detalhadas sobre o tipo de calefação utilizada - gás metano, diesel, etc)
- Dettagliate informazioni sul tipo di connessone internet utilizzata (informações detalhadas sobre o tipo de conexão com internet utilizada)
- Stato civile prima dell'ultimo matrimonio (o estado civil antes do último casamento)

               Bem, não parece tão difícil né?
               E o questionário deve ser feito por todos os residentes italianos, a falta da entrega do censo implica multas. Então o melhor é fazer logo e não deixar pra última hora. 


                Comentei com o meu marido que aqui parece que TODA a população residente sem exceção tem que contribuir com o censo, e que eu achava que no Brasil também fosse assim. Ele disse que não, que muitos dados são tiradas médias, que na casa dele nunca foram. Bem,  na minha invece sim! 
                 Acho que uma coisa que facilita aqui é que toda pessoa que aluga uma casa, compra, ou sei lá o quê, tem que ter a residência fixada no comune. Claro que existem aqueles que estão aqui (estrangeiros) que ainda não estão em forma regular, não a fazem, então automaticamente não serão contabilizadas pelo senso. 
               O preenchimento pela internet é feito com a senha que recebe junto com o formulário em casa e pode ser feito a partir do dia 9, no site do Censimento ISTAT 2011, clicando aqui.
                Para saber mais sobre o censo italiano, clique aqui.
                Bem, no próximo senso serão mais dois inclusos com certeza, eu e meu marito, hahaha!
                Baci a tutti!


03/10/2011

Dentista, una botta!

                         No Brasil sempre que possível ia ao dentista de 6 em 6 meses, para dar uma olhada, fazer uma limpeza, e tratar qualquer cárie que aparecia. Bem, vai fazer 1 ano que estou aqui e tive que arrumar logo um dentista. Minha médica de família então indicou uma clínica de um hospital em Paderno Dugnano, que disse que das "públicas" era a melhor, que o particular era mesmo uma "botta", era melhor nem tentar. Bem, então fui lá.



                         Mesmo sendo pública, só não paga tratamento crianças ou pessoas que podem comprovar isenção de imposto, baixa renda. Como ainda nem deu 1 ano que tô aqui, e nem sou mais criança não entro na isenção, haha! Para saber os custos desta clínica:

- Consulta: 22,50
- Panorâmica: 27,00
- Obturação pequena: 50,00
- Obturação completa: 91,00
- Limpeza e aplicação de flúor: 53,30

                     Bem, fui lá, fiz a consulta e a panorâmica para eles saberem o que já tinha sido feito nos meus dentes e o que precisava fazer, e peguei o orçamento. 
                     Resultado de 1 ano sem dentista: 1 cárie e 2 obturações desgastadas. Orçamento: 53,30 + 50 + 91 + 91 = 285,30 euro. Fora os 49,50 já pagos pela consulta e panorâmica.
                    Bem, a panorâmica e a consulta ainda vai, preços que se paga também no Brasil (sem converter né?), mas uma cárie 91 euros é muito pra mim!!
                      Estou pesquisando algum outro dentista, e já achei uma clínica mais barata que meu colega do trabalho indicou, vejam a lista dos preços dos tratamentos deles clicando aqui. E é ainda uma clínica conveniada à ASL, já com preços mais em conta que um particular normal.


                      Bem, depois as pessoas ficam se perguntando: porque os italianos são banguelos? Porque têm dentes podres, mal cuidados? Será higiene, será a água da Itália ou o preço dos dentistas? Hahahaha
                      É! Faz falta um dentista conhecido, como sempre tive no Brasil. Alguém em quem confia, que faz um preço bom e sai satisfeita. Aqui parece ser um tiro no escuro. E dentes não é coisa com que se brinca né?  Muitos brasileiros que estão aqui esperam ir para o Brasil pra tratar os dentes, pois os preços não são mesmo "convidativos", haha!
                      Dizem também que aqui quase não tem dentistas italianos, que vêm muitos profissionais de outros países trabalhar aqui, inclusive muitos brasileiros. Bem, pra vocês terem uma ideia, a dentista que me atendeu na clínica do Hospital era argentina! Hahahaha!
                          Por que será ne?
                          Bem, continuo a minha busca por dentistas bons, confiáveis e com bons preços. 
                         Baci a tutti!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...