29/06/2012

Eurocopa - Itália em festa!!!

Muitos não acreditavam que passaria da Alemanha...
Muitos italianos até torciam para a Alemanha... (como pode?)
Mas a Azzurra deu show e tá na final da Eurocopa!!!
Ontem foi festa total em toda Itália! Assistimos o jogo num barzinho em Milão, Buenos Aires, bar lotado, torcida vibrando e a Azzurra fazendo a festa em cima dos alemães! 
E quem permitiu isso? O Grande Mario, o Super Mario Balotelli! Fez 2 golaços e levou a Itália pra final!



Calou a boca de muitos! 
Balotelli que é nascido na Itália, de pais ganeses que o abandonaram no hospital. Foi adotado por uma família italiana em Brescia e tem 3 irmãos.
Sofreu a vida toda preconceitos numa Itália racista. E como disse meu marido ontem: Balotelli fez (e está fazendo) muito mais pela Itália do que a Itália já fez por ele!
E "a italianada" saiu toda às ruas, e os estrangeiros também! Festajando a tão sonhada vitória em cima da Alemanha! Bandeiras e mais bandeiras, carreata e muita festa!



Aí eu vi que os italianos são mesmo apaixonados por futebol, torcem, comemoram como os brasileiros!
O Facebook "bombando" de fotos e piadas em cima da Alemanha! E muito incentivo para a equipe italiana!


E domingo é a final contra a Espanha!
Forza Azzurra! Ce la faremo!

Baci a tutti!


27/06/2012

Brasileiros na Itália - Brasil com Z

                  E lá no Brasil com Z:

Brasileiros estão em todo o mundo. E na Itália não é diferente. São cerca de 47 mil brasileiros residentes na Itália (legalmente, pois por incrível que pareça, tem muita gente há anos aqui ainda sem documentos, “in nero” como se diz por aqui, e com estes dizem que o número pode passar dos 120 mil, mas não sei, pois não há dados oficiais, claro).



Então é comum encontrar brasileiros em todos os cantos, principalmente na Região da Lombardia, onde está a maior parte deles (ou de nós! rs). Desses brasileiros, uma parte tem cidadania italiana e a grande maioria, Permesso di Soggiorno, o visto/permissão para residir aqui, seja por trabalho, por família, por estudos, etc.



Os brasileiros são bem recebidos, e pelo que ouvi e vi por aqui, têm a boa fama de ser gente trabalhadora (ainda bem!). Apesar que ultimamente com essa história de crise, nós brasileiros, o que mais ouvimos é: “O que você está fazendo ainda aqui na Itália?? Com o Brasil bom do jeito que tá?”

Continuem lendo lá no Brasil com Z. Cliquem na figura acima! 

Grazi e baci a tutti!

26/06/2012

Tradição - Basilico

                      Italianos A-DO-RAM o tal de basilico. Sabe o que é? É o nosso manjericão, que não sei da onde saiu esse nome em português, mas o basilico veio do nome científico da planta que é ocimum basilicum. Bem, então, o manjericão tá presente desde na tradicional pizza margherita, como em sopas e outros pratos, e é a base do molho "al pesto".


                  O pesto é uma receita tradicionalmente genovese, ou seja, de Gênova. Dizem que é afrodisíaca! É um molho frio e um dos mais conhecidos no mundo!
                  Vai uma receitinha básica (dentre as tantas versões existentes na Liguria):

Ingredientes:

- 50 g de folhas de manjericão lavadas (folhas frescas!)

- 50 g de pinolis (lê-se “pinólis”! Isso é um pinhão pequenininho, pouco utilizado na culinária brasileira e por isso tão desconhecido no Brasil. Em alguns supermercados brasileiros é possível encontrá-lo, mas não  são tão baratos! Se pesar no bolso, substitua-o por nozes sem casca, na mesma quantidade.)

- 30 g de queijo tipo parmesão ralado

- 30 g de queijo pecorino (pode ser substituído pela mesma quantidade de parmesão de novo!)

- 1 dente de alho (descascado, claro)

- 200 ml de azeite de oliva extra virgem

- sal grosso a gosto ( mais ou menos uma pitada)



Modo de preparo:

Se tiver um pilão, ótimo! Use ele. Se não tiver, será necessário um processador ou um liquidificador.

O inconveniente dos aparelhos elétricos aqui é que, se bater muito, pode subir demais a temperatura do molho e fazer com que ele perca cor e aroma. Para evitar que isso aconteça, recomenda-se colocar por um tempinho na geladeira a vasilha que será usada para bater os ingredientes.

Coloque as folhas de manjericão, o sal e o dente de alho no pilão e comece a amassar com o socador em movimentos circulares (ou bata isso tudo no processador de vasilha geladinha). Acrescente os pinolis e continue moendo até virar uma pasta.

Adicione os queijos e misture. Por último, vá acrescentando o azeite “em fio” (é só virar devagar e deixar um fiozinho cair enquanto é misturado) até conseguir uma pasta cremosa. Se não conseguir fazer o fio do azeite, vá colocando ele bem aos pouquinhos.

Pronto!

Misturar com o macarrão "al dente" preferido e huummmmmmmm! Deu até fome!

Baci a tutti!

22/06/2012

Restaurante italiano, japonês ou chinês?

                 O que mais tem na Itália é restaurante italiano, certo? Humm... mais ou menos!
                 Sabem que os asiáticos estão dominando o mundo não? (Hihihihihih) Eu que vim de uma cidade colônia japonesa já tava acostumada com tantos orientais pelas ruas, japoneses principalmente, mas também muitos chineses (com as pastelarias, hahahaha).
                 Por aqui não é muito diferente. Apesar de vermos muitos japoneses, em geral são turistas. Agora chineses (se é que eu aprendi a diferenciá-los) são maioria e por toda parte!
                 E não diferente das pastelarias lá na minha terra, aqui eles dominaram os restaurantes. O restaurante pode até ter cara de italiano, comida italiana, mas quando você vê são chineses! E estão sempre cheios ao contrário dos italianos, a diferença? Os preços claro! Eles conseguem ter um cardápio variado, até que de boa qualidade, com um preço acessível (ainda mais nesses tempos de crise).
                  Enquanto um italiano vai cobrar pelo menu fisso (primeiro prato, segundo, contorno, água e café) lá pelos 12, 15 e até 25 euros, o chinês cobra 10, 9, e até 7 euros! Pois é!


                  O dinheiro tá curto, quer comer fora? Vamos no chinêliano! Hahahaha! Além da cozinha italiana eles servem a chinesa, claro, e muitas vezes a japonesa.
                  Restaurantes japoneses são mais caros (aqueles mais chiquezinhos), mas tem também os mais em conta, onde se come bem e (muito) por pouco. Como é o caso dos "All you can eat" japoneses, onde você pode pedir o que quiser do menu, e o quanto quiser, desde que não deixe nada no prato antes de pedir mais alguma coisa. Pela bagatela de 12 euros! Ah, sushis, sashimis, deliciosos à vontade, é o paraíso! Adoro! 


                   Bem, às vezes fico desconfiada que os japoneses também são chineses, hahahaha, mas bem, deixa pra lá! O importante é comer comida de qualidade sem gastar muito né? E aqui a gente consegue!
                    Baci a tutti!

20/06/2012

Calor Africano

                    Semana de "calor africano" sem nem ao menos o Verão dar as caras oficialmente (21 de junho, não?). Pois é! 



                 Essa semana está aquele calor de matar, chegando a 35º por aqui com alerta de perigo. Crianças e idosos, nada de sair às ruas! É o calor africano, segundo os jornais!
                     Ai ai ai ! Quem aguenta???? Eu não!
                     Dormindo de janela aberta, com ventilador e só de lingerie, não me lembro de ter passado por isso lá na minha terra no Brasil!


                      Manter a casa mais fresca?? Fechar taparelas na hora do sol forte e abrir à noite!! Assim ameniza um pouco! 
                         Aproveitar o calor com cautela nas piscinas e praias é o que há de melhor para suportar o verão (ahhhhh, praia! que saudade. Estamos programando de ir pela primeira vez numa praia italiana, conto tudo aqui depois de irmos, ok?).
                          Enquanto isso lá no sudeste/sul do Brasil frio né? Nesses tempos de verão africano, sinto saudades do friozinho...rs.
                         Baci a tutti!

14/06/2012

Inglaterra - Brighton

                 Depois de 5 dias em Londres, fomos na casa de amigos italianos em Brighton.
                 Brighton é uma cidade de aproximadamente 156 mil habitantes na costa meridional da Inglaterra. Fica apenas 1 hora de trem partindo de Londres.
              É uma cidade turística e conhecida como a "capital gay" da Inglaterra, pois é lá que acontece a maior parada gay. É uma cidade com inúmeros parques, praças, 2 universidades e uma escola de Medicina.
                 Brighton nos conquistou!!! Por muitos motivos. Querem saber quais???

-  Por ser menor que Londres (muito menor), mais fácil de conhecer e aproveitar, e por ser praia (mesmo que uma praia "construída");




- Por ter um Pier com parque de diversões super tradicional e charmoso;





- Pelos estilos das casinhas, cada quarteirão as casinhas iguais, das menores e mais populares às maiores e
mais "chiquezinhas";





- Por ter o melhor Fish & Chips (o prato tradicional da Inglaterra), peixe fresco, macio e saboroso! (Pena que engorda!!!)



- Pela charmosa Marina de Brighton, com os bares e restaurantes, os barquinhos de pesca, as lanchas e super barcos e um visual incrível!








- Pelo lindo Royal Pavilion, o palácio construído em 1787 como residência para o Príncipe de Galles, o futuro Rei Giorgio IV. Hoje abriga museus e casa de shows.




- Pelas lojinhas centrais, os inúmeros brechós  e lojas de antiguidades, discos de vinil e CD, os inúmeros Pubs... ai ai ai.... Brighton, Brighton, voglio vivere lì!


                 Só não foi melhor porque pegamos ainda o tempo ruim, com chuva e um vento ainda gelado. Mas falam que lá pra agosto e setembro Brighton enche de banhistas.
               A cidade é famosa também pelos festivais e shows de músicas de todos os estilos. É um ambiente jovem e muito acolhente!
                Brighton também nos conquistou pelos motivos de Londres (que deve ser em toda Inglaterra): gente educada, descolada, bons preços, uma atmosfera jovem, e ainda pelo baixo custo de vida comparado à Londres e Milão, é tudo de bom!
                 Acho que logo os planos serão morar na Inglaterra, che ne dici??? 
                 Baci!
                 

12/06/2012

Inglaterra - Londres

               Londres, ah Londres!!! Tantas expectativas em conhecer essa grande metrópole.
               Londres é a capital da Inglaterra e a maior e mais importante cidade de todo o Reino Unido.
               Teria muito a dizer deste lugar! Londres é enorme, um misto de culturas, paisagens, e tudo o mais, isto ocuparia muitos posts! E claro, não conseguimos visitar todos os lugares que gostaríamos, ainda fomos numa época de festa em Londres, a comemoração de 60 anos de reinado da Rainha Elisabeth, então a cidade tava um caos de gente e arrumação. 
               Então vou comentar algumas coisas me impressionaram e mostrar algumas fotos pra vcs!
               De cara o que chamou a atenção:

- A educação dos ingleses e seus habitantes. Prestativos e gentis, sempre, em todas as situações que passamos. (Na foto abaixo, o  famosíssimo Palácio de Westminster, o parlamento do Reino Unido, onde tem o famoso Big Ben, nome dado ao sino do relógio da Torre do Palácio).



- A facilidade em se ter as coisas. Por exemplo: logo de cara, no aeroporto, nos deram um chip telefônico. Fora os preços das roupas, tênis... uma loucura! A loja dos sonhos: a espanhola Primark (preços baixíssimos de roupas, calçados e acessórios) e a T K Maxx, outra super rede que vende pontas de estoque de várias marcas famosas a preços super em conta! Se for pra Londres vá com a mala vazia e faça a festa lá, hahahhaha! (Na foto abaixo, outro cartão postal, a roda gigante London Eye na beira do rio Tâmisa).



- O multiculturalismo. Pessoas do mundo todo, integradas, fazendo todo o tipo de serviço. Nos deparamos com mulheres de burca, vestimenta das mulheres Afegãs e Paquistanesas que é proibida em Milão por exemplo. Punks e pessoas de todos os estilos, "tudo junto e misturado", ninguém te encarando, te medindo ou te julgando. Na foto abaixo, lojinhas do bairro Camden Town, o bairro mais "descolado" de Londres, cheio de feirinhas, lojinhas estilosas e foi lá que fizemos uma tatuagem! Mas isso conto depois! 



- A cidade é cinza. Pois o tempo quase sempre é fechado, e quase sempre chove. Isso porque Londres tem o clima "temperado oceânico", com um verão raramente quente (temperatura média no verão de 18º) e invernos raramente muito frios. Na foto abaixo, um dos cartões postais de Londres, a Tower Bridge. Na segunda foto, a ponte aberta para a passagens de barcos, evento raro de presenciar e demos sorte!




- Os ingleses são altos!!! Ahhh que maravilha! Acho que encontrei a minha terra! A terra dos gigantes! Bom demais! Hahahahaha! Homens e mulheres bem altos, o que me fez me sentir em casa! :) (Na foto abaixo, construções londrinas enfeitadas por bandeirinhas do país, em comemoração do Jubilee da Rainha).



- Londres tem o transporte público mais bem estruturado do mundo! O transporte é caro porém funciona. Ônibus 24 horas para qualquer ponto da cidade, são mais de 700 rotas e os ônibus são aqueles clássicos vermelhinhos de 2 andares. Além dos clássicos táxis, chamados cabs, um dos símbolos da cidade! (Na foto abaixo o táxi preto (black cab) ao lado do ônibus!).


            Além disso são 13 linhas de metrô (Uau!). O metrô de Londres é o mais extenso e mais antigo do mundo. São 268 estações e 400 km de trilhos. Existem estações com integração com 4 ou 5 outras linhas, o que faz delas um labirinto de escadas rolantes, túneis, fazendo-nos sentir formigas!! Hahahaha! Por isso "Tube map" nas mãos e de olho nas placas de saída "Way out"!!!




- A cidade respira arte e cultura. É lá que tem os grandes musicais e também o Globe Theatre de Shakespeare.


              Bem, melhor ficar por aqui né? Acho que falei o principal que me impressionou na "louca Londres", rs...
                    No próximo post conto como foi lá em Brighton.
                    Baci a tutti!

08/06/2012

Inglaterra - Impressões

                Voltei!!!!
                Uma semana na Inglaterra! E a impressão foi: Ó-TI-MA!
                Claro, inevitáveis comparações com Itália e Brasil. 
                O que achei destes dias em Londres e Brighton em algumas palavras:



- muita organização;
- gente descolada, de todos os estilos, nada da "metidez dos milaneses";
- trânsito na esquerda, com vias muito bem sinalizadas e organizadas;
- tempo fechado, friozinho e chuva;
- lojas com roupas muuuuuito baratas;
- transporte público caro mas que funciona muito bem e em qualquer horário do dia;
- gente do mundo todo, porém integrada na sociedade, fazendo todos os tipos de trabalho;
- respira arte;
- arborizada, muitos parques, árvores, quase sem prédios altos;
- pessoas extremamente bem educadas, prestativas, que procura ajudar e te entender, mesmo com um precário inglês;
- um país que tem tradição na culinária peixe empanado e batatas fritas :) ; 



               Bem, de início é isso! Nos próximos posts vou contar com mais calma sobre os lugares que estivemos nas cidades de Londres e Brighton (a cidade litorânea da Inglaterra)! Voltando pra casa imaginem, tem muita coisa pra organizar! 
                    Ah, dicas de vôos baratos para Londres : Easy Jet e Monarch! Se reservar antes pode pagar até 50 euros ida e volta! 
                     Baci a tutti!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...