31/05/2016

Brasileiros em Roma - 6º encontro

Domingo passado foi o 6º encontro do grupo Brasileiros em Roma, ativo no Facebook. 

Fizemos novamente um picnic na Villa Borghese (foi nosso 3º picnic no local). 

O grupo, do qual sou uma das administradoras, nasceu em 2013 durante a organização para as manifestações em apoio aos protestos realizados pelos movimentos sociais no Brasil, contra a repressão policial,  no mês de Junho de 2013.
Ali reunimos um bom grupo e levamos adiante essa amizade a fim de unir todos os brasileiros em Roma. 

25/05/2016

Realizando meu sonho na Itália - meu livro publicado

"Meu nome é Francine Arioza, tenho 24 anos nasci em Rio Preto mas moro na Itália há mais de 11 anos, mais especificamente em Roma.

Sou graduada em Interpretação e Tradução, falo 5 idiomas e trabalho como professora e intérprete aqui em Roma. 

Sou professora de português na Aeronáutica italiana e na Scuola internazionale di lingue e escrevo também para uma revista e sites.

Consegui me tornar uma escritora aqui na Itália, o que era meu sonho, e já tive meu primeiro livro publicado.


19/05/2016

Manifestação em Roma - Fora Temer! Temer Jamais!

Hoje eu, junto com os brasileiros em Roma saio às ruas para manifestar contra Michel Temer na presidência do Brasil, contra o golpe, a perda de direitos e benefícios adquiridos pelo povo e em defesa da democracia!

Convido a todos que estão em Roma a protestar com a gente!

A Luta continua!

#maiTEMERe
#alutacontinua
#fuoriTemer
#foraTemer
#pelademocracia
 #nãovaitergolpe


06/05/2016

Trabalhar como autônomo na Itália

Trabalhar por conta própria

A partita IVA é um registro para trabalhadores que desenvolvem uma atividade ou prestação de serviço de maneira profissional e autônomo (IVA: Imposta sul Valore Aggiunto).

Uma atividade autônoma é desenvolvida sem nenhum vínculo de subordinação, como acontece com quem trabalha registrado com um contrato subordinado a um empregador.

O funcionamento da IVA prevê a obrigação da empresa ou profissional que fornece o bem ou presta um serviço no país, de debitar o imposto ao próprio cliente de forma proporcional.

04/05/2016

Estudar italiano em Roma - Onde?

O que precisa para estudar italiano?

Quem vem do Brasil como turista e vai passar só 3 meses por aqui estudando italiano, não necessita de visto. Basta se matricular pelo site da escola, pagar a taxa de matrícula e o valor do curso. Além disso, as escolas ajudam a encontrar acomodação, seja em casa de família, com outro estudante em algum apartamento, ou até mesmo em hotel/albergue. Também oferecem translado do aeroporto até a sua nova casa.

Quem vem passar mais de 3 meses, pode requerer o visto de estudante de longa duração por meio da escola. Depois que você fizer a inscrição pelo site e ter pago o curso (intensivo) ou parte dele (extensivo), a escola enviará o certificado de inscrição. Com este e outros documentos necessários, é possível requerer o visto de estudo no consulado da Itália da região de residência no Brasil. Caso o visto seja negado, a escola poderá reembolsar o valor do curso exceto a taxa administrativa (verifcar o contrato pois este varia de escola para escola), se avisar com 30 dias antes do inicio das aulas.

Já aqueles que vêm para a Itália estudar em uma Universidade, normalmente estas oferecem cursos de italiano para os alunos estrangeiros, por isso, informe-se.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...