22/07/2015

10 coisas da Itália que chocam os turistas na primeira vez no país

O site norte-americano Business Insider publicou recentemente o artigo é "10 things about Italy that shock first time travelers" que o colega blogger Franco publicou em italiano no seu blog Brasil Italia. E então, aproveito para publicar aqui a lista em português (com meus comentários em seguida, afinal não somos "americanos" rs).

A pizza autêntica, a massa, o café expresso, bolsas de couro, lugares históricos, relíquias religiosas e o sorvete fazem parte do itinerário típico de um turista durante uma visita à Itália. Mas não se esqueça da coisa mais importante: as pessoas do lugar. Os hábitos das pessoas locais e a sua cultura são muitas vezes ignoradas e deixam o turista perdido esperando por exemplo que as lojas se abram à tarde. 
Portanto, aprenda a base e descubra as 10 coisas que podem te chocar se é a sua primeira vez na Itália:

1 - O BARULHO
Esta poderia ser a primeira coisa que os estrangeiros se lamentam ou pensam dos italianos, o barulho que eles fazem. Para os não-italianos, cada dia é uma surpresa nas ruas cheias de gente local conversando, gritando, cantando, tocando, falando ao telefone e dirigindo furiosamente buzinando. O incômodo é acrescido dos sons dos seus vizinhos que passam através das paredes finas dos apartamentos que rendem cada show televisivo que estão assistindo e a cada canção de piano que estão escutando a alto volume. O barulho pode ser tanto que pode acontecer que alguém do lugar vá preso por motivos como o sexo barulhento ou assassinato do vizinho barulhento. Apesar disso, a Itália continua a ser conhecida como um país vivo, circundado de sons diferentes do dia à noite. (→depende muito de onde se está na Itália, falar alto, cantar e tal, é mais comum dos italianos do sul).

2 - O MENU COMPLEXO
Não esperem comer somente um prato durante uma refeição. Serão pelo menos três pratos durante uma refeição tradicional italiana, que pode ser um pouco incômodo para alguns estrangeiros. O menu é composto de antepastos - pratos como uma fatia de salame ou verduras marinada, primeiros pratos de carboidratos como o nhoque, risoto, macarrão; segundo- o prato principal, de carne ou peixe, com ou sem um contorno, ou seja, verduras à parte; o doce: tiramisù, panna cotta (pudim) ou sorvete, por exemplo; a bebida (da água com gás ao café). É estranho para um turista comer o macarrão sozinho antes da carne, porque o primeiro e o segundo prato não se pode comer juntos. (→verdade, mas pode sempre pedir um prato só).



3 - O CAFÉ DA MANHÃ POUCO SABOROSO
Os italianos não comem ovo, presunto e bacon no café-da-manhã, isso deixam alguns turistas perplexos. Um típico café-da-manhã italiano chamam de "prima colazione" ou simplesmente "colazione", é composta de uma bebida quente como o café, cappuccino, chocolate quente ou o chá preto junto ao pão, pão tostado, brioche, cornetti, biscoitos ou tortas. O café da manhã se realiza no bar (diferente dos típicos americanos) que servem café e produtos de forno para pessoas que querem um café-da-manhã rápido antes de ir ao trabalho ou escola. Se estiverem na Itália e querem ter um café-da-manhã gostoso, comer no hotel é a escolha melhor. (→pouco saboroso eu não digo, só é doce. Nunca vi um comer toast aqui, e também é geralmente leve).



4 - GESTICULAR COM AS MÃOS
A Itália não seria a Itália sem os italianos e, os italianos não seriam os italianos sem os gestos das mãos. Os turistas se divertem muito ao ver as pessoas falarem na praça contando histórias com as mãos que se movem de cá e de lá. A linguagem dos gestos italianos foi herança dos gregos che se transferiam na Itália meridional para colonizar Nápoles. Os italianos naquele período utilizavam gestos para se comunicarem sem serem ouvidos e isso se tornou uma tradição que ainda existe no sangue de cada italiano. (→e acho que um pouco no nosso brasileiro também, mas com gestos diferentes, ahah).



5 - A DEVOÇÃO À FAMÍLIA
Os italianos são conhecidos pela estreita ligação familiar deles, o amor pelas crianças e a assistência aos idosos. Os estrangeiros percebem rapidamente que os italianos colocam a família deles em primeiro lugar e, não é uma vergonha para os italianos solteiros estar com os pais até que tenham formado uma família. Além disso, as crianças são livres de fazer aquilo que querem em público. São toleradas e acolhidas nos restaurantes, mesmo se se divertem correndo, mexendo em tudo ou fazendo birra e tudo porque, são parte da família. (→verdade! E quanto mais pro sul mais são atacados à saia da mamma, rs).

6 - AS RUAS ESTREITAS
Pensem duas vezes antes de alugar um carro na Itália e ser o fizerem, devem estar muito atentos ao percorrer as ruas junto dos loucos motoristas italianos. Se aproximam muito, cortam na sua frente, e às vezes ignoram também as leis de trânsito. Estas coisas são normais na Itália e se vocês se assustam com isso, esqueçam então a ideia de dirigir. Além disso, os italianos, segundo uma pesquisa, foram classificados como os piores motoristas da Europa. Se porém você decidiu dirigir por aqui, basta ser confiante e lembrar deste provérbio italiano: "Olhe adiante e deixe que os outros te olhem de costas", porque este é o modo no qual vivem nas ruas. (→a "regra" é a mesma, quanto mais ao sul, pior fica, rs).



7 - A FALTA DE ESPAÇOS PESSOAIS
Na Itália falta (ou nunca teve) esta coisa que chamam "espaço pessoal". Para eles é educado estar muito perto de alguém enquanto se fala e não é difícil falar enquanto tocam com as mãos e os braços. Beijos e abraços não são considerados fora de hora quando feitos em públicos. Nos meios de transporte, não importa se você se senta perto deles, mesmo se têm outros lugares disponíveis; ou em pé atrás deles que se pode já sentir o respiro. Não pense que o modo de se socializarem é como seduzir. (→discordo, nunca se tocam! somente os muito chegados).

8 - A PAUSA DO ALMOÇO
Você quer comprar alguma coisa e são duas da tarde. Nota que as lojas estão fechadas, assim como a tal loja que você queria ir. Você vai pensar que estão fazendo a "siesta", mas esse não é o caso se você está na Itália. Normalmente as lojas fecham entre 12:30 e 15:30. Mas não para tirar um cochilo. Vão para casa, cozinham, comem e descansam um pouco antes de tornar ao trabalho. Nas cidades grandes, onde nenhum tem tempo de ir para casa, existem os restaurantes que oferece o menu fixo para o almoço. (→verdade, mas nas cidades menores...)


9 - CAFÉ
Quando estiverem na Itália, esqueçam Starbucks um pouco e, se querem ter a sua dose de cafeína vá a um bar. Não confundir os bares italianos como um lugar onde se vende bebida alcoólica. Se entra e um bar, encontra o caixa, pague, pegue a fila e peça o café. Vocês vão notar que a maior parte das pessoas estão em pé enquanto bebem o café, mas vocês podem pegar a xícara, levar até a mesa desejada e saborear sentado, basta estar disposto a pagar um pouco mais por isso. Existem muitas coisas sobre a cultura do café na Itália que se deveria pegar em consideração, por exemplo: não usar a palavra espresso e pedir "um café", não se pede um cappuccino depois das 11 da manhã, e pedir um cappuccino significa que se quer um copo de leite morno. (→não são todos os bares que cobram pra ocupar mesa, mas geralmente nos centros turísticos sim, por isso pergunte antes).



10 - "SLOW LIFE"
Uma coisa que os estrangeiros, em particular das cidades frenéticas de todo o mundo, notam quando vêm na Itália, é o modo geral no qual os italianos pegam as coisas com calma. Slow-food é um modo de vivere. Os jantares podem durar horas. E lembre de não ficar frustado nas reuniões porque é normal para os italianos chegarem atrasados para um compromisso. Em outras palavras, os italianos vivem no presente. Concordam? (→verdade! em Roma, atrasar meia hora é o normal rs).

Baci a tutti!


01/07/2015

Brasil com Z - Comprar uma casa a 1 euro na Itália, como funciona?

Hoje estou no Brasil com Z comentando a notícia que circula na internet sobre comprar uma casa por apenas 1 euro aqui na Itália.



É verdade?

É possível?

Como funciona?

Leiam lá clicando aqui!


Baci!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...