Teste Teste Teste

Booking.com

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Diferenças Eataly São Paulo - Eataly Itália

No verão do ano passado fui com minhas primas, que são de São Paulo, na Eataly de Milão (até comentei em um artigo publicado). 
Recentemente abriu a Eataly de São Paulo, elas foram conferir e me contaram como é, o que encontraram, os preços e o quer faltava em relação da Eataly italiana. 

Confiram!


"Os restaurantes, são divididos por categorias, massas e pizzas, carnes, peixes, antepastos. E tem um mais chique no último andar que é o http://www.bracebaregriglia.com.br/ 
Tem também uma sorveteria, uma doceria, uma caffeteria, um stand da Nutella, uma padaria e uma parte com vinho e chopp, que você compra avulso.

Todos esses locais que citei, o que você consumir, você paga na hora. 

Nataly São Paulo

Gosto da parte da padaria, pois você pode comprar um pão recheado, pegar uma taça de vinho, e consumir na mesa que tem em frente. Estilo o que fizemos em Milão, você não paga taxa de serviço, e come tão bem quanto no restaurante... se você só quiser petiscar vale super a pena.

Como fomos no segundo dia após a inauguração, chegamos as 18:40 no local, fizemos um tour pelos restaurantes, que se misturam com as prateleiras do mercado, e escolhemos comer no restaurante que serve pizza e massa. Tivemos uma espera de 1 hora pra conseguir mesa. Mas não foi cansativa a espera, pois possuem um sistema de senhas,  que enviam um torpedo no celular quando sua mesa fica vaga, então isso nos permitiu passear pelo mercado enquanto esperávamos, onde consumimos uma taça de vinho por R$9,90 e comemos um pão com recheio de abobrinha com ricota e patê de azeitona preta, divinos.



No restaurante fomos super bem atendidos. Todos os atendentes são super simpáticos e preocupados em te servir bem.

Preço justo na massa também, paguei por volta de 35 Reais o prato. Percebi que 1 litro de vinho, mais barato do cardápio era R$70,00, isso é um preço bom aqui em SP...rs



Depois fomos saborear um sorvete, que serve igualzinho à moda italiana, com os sabores italianos, perfeito.
Valor do potinho pequeno: 12 Reais, comprei o médio com dois sabores e paguei 14 Reais.



No stand de Nutella, o crepe de Nutella com frutas sai por 14 Reais, um pode inteiro de Nutella dentro do crepe. Mto bom tb, mas as frutas tinham acabado, então fez falta, pq o crepe ficou mto doce...rsrs


Bom.. por ser abertura, tinha muitas gôndolas de produtos já vazias, percebi que haviam vendido muita coisa e não houve reposição.

Já a parte de pratos e utensilios domésticos, um absurdo de caro, um saca rolha 500 Reais. Um cesto em forma de galinha pra colocar ovos 600 Reais!!!



As frutas achei caras também, 64 Reais o quilo das uvas sem caroço.

A parte de chocolates achei fraca, senti falta de mais variedades de chocolates, inclusive incluíram produtos brasileiros, como goibada, bananinha, etc. nesse setor.

Senti falta das garrafonas de 2 e 5 litros que você enche pra levar pra casa, vino sfuso, no Eataly SP não tem isso.

Senti falta de cervejas italianas, são mais marcas brasileiras artesanais que tem lá.

Bastante diversidade de água a venda também.

Sabonetes cheirosíssimos que na Itália custam entre 3 e 4 euros.

Bom.. o estacionamento do Eataly estava lotado, paramos num outro do prédio ao lado.. e gastamos nada mais, nada menos do que 39 Reais por 4 horas estacionados...rs.. mas no Eataly deve estar nessa faixa de preço. Ele está localizado numa área nobre de SP!

Inclusive, público frequentador é de classe média alta. 

Vi bastante estrangeiro por lá também.

Tem banheiros em todos os andares.

Gostei bastante, quero voltar, pra curtir mais os produtos que vendem, dessa vez conheci geral, agora quero namorar mais cada setor.

Achei o máximo que tem a Porchetta de Ariccia!!



Nesse Eataly tem no primeiro andar uma sala dedicada pra cursos e degustações, que são pagas, e com horários agendados, no site contém os programas disponíveis, mas nesse primeiro momento estão chamando convidados que são donos de restaurantes italianos famosos em São Paulo."
               
                                                                                                                       Francesca Romanato

Bem, não é que a Eataly italiana seja baratíssima, tem coisa com preço acessível e tantas outras não. Pelo jeito a de São Paulo também é assim. E claro que não vai ter tudo o que tem por aqui, mas pelo que vi tem bastante coisa parecida com a daqui e parece que vale a pena né?

Alguém de vocês leitores foi e tem algo a acrescentar? Conte-nos nos comentários!

Baci a tutti!

*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

15 frases que já ouvi dos italianos por ser brasileira

Todo mundo conhece alguns dos estereótipos dos brasileiros e brasileiras. 

Quando estamos no exterior, vira e mexe nos deparamos com 'pequenos comentários', 'afirmações' ou 'colocações' ignorantes e estereotipadas. 

Quer saber o que já ouvi por aqui?

Aí vão 15 frases que já ouvi dos italianos:



1 - "Brasileira? Samba um pouquinho então pra eu ver!" (Vai ficar esperando querido...)


2 - "Ela é brasileira? Ah então teve ter uma bunda bonita." (Uma italiana para um amigo também italiano quando ele falou que conheceu uma brasileira (eu), e ele ainda me contou! Hahahaha).



3 - Você é química? Mas tem universidade no Brasil?? (Vindo de um dos mais ignorantes que me deparei por aqui).



4 - "Quantos animais exóticos você já viu?" (Essa é péssima, a imagem do Brasil Floresta).



5 - "Você é brasileira? Branca desse jeito!?!?!" (A imagem de que brasileiros são todos negros).


6 - "Você não tem cara de brasileira." (E existe uma? Me conte então qual!)


7 - "Nossa, mas você é inteligente né? Nem parece brasileira." (Sem maiores comentários né? Detalhe: o tipo é casado com uma brasileira!).



8 - "Você não teve estar acostumada com o frio né?" (Estereótipo do Brasil Tropical, calor o ano todo).


9 - "Dirigir aqui para você deve ser uma loucura!" (Ah, mal sabe como é o trânsito em SP).



10 - "Brasileiras são quentes e gostam muito de sexo." (... Aff)


11 - "Contratamos uma brasileira pra ficar sorrindo o dia inteiro, cadê o seu sorriso?" (Quer que eu sambe também? Ah fala sério!)



12 - "O que você veio fazer na Itália, se casou com um italiano?" (Não querida...).


13 - "No Brasil se fala espanhol né?" (Acertou em cheio! Seria menos feio se falasse o 'brasiliano').



14 - "Você é da Bahia ou do Rio de Janeiro?" (São Paulo querido, o Brasil não é só Bahia e RJ, nem muito menos só praia e carnaval!).


15 - "O que você veio fazer na Itália se no Brasil você tem sol, praia e samba todos os dias?" (Preciso desenhar??)



TODAS as frases foram ditas por pessoas diferentes!

VOCÊ mora na Itália ou veio a passeio e ouviu alguma pérola diferente destas que eu ouvi? Conte nos comentários.

 ;)

Sigam minha fanpage Sonhos na Itália.


Baci a tutti!

*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Cidadania italiana por matrimônio decretada!

O prazo dos 720 dias para sair o decreto do reconhecimento da minha cidadania italiana por matrimônio foi ultrapassado mas saiu! Finalmente!
(Quem não leu o artigo que escrevi na época que dei entrada na documentação, clique aqui).

O atraso também pode ser sido ocasionado porque mudei a residência de Milão a Roma. Neste caso, eu tive que enviar um email à prefeitura de Milão, onde tinha sido protocolado meu pedido de cidadania, com os dados da nova residência. Assim, eles enviaram toda a documentação à Prefeitura de Roma e, depois de cobrança da minha parte por email, recebi o email com a declaração de que a cidadania italiana tinha sido decretada!

Evviva!



A etapa seguinte foi levar os documentos exigidos, ou seja:
- declaração recebida via e-mail;
- marca da bollo de 16 euros;
- copia de um documento de identificação;
- permesso di soggiorno;
- declaração de auto certificação da residência e matrimônio.

Levei à prefeitura de Roma no setor cidadania (de segunda à sexta das 10:30 às 12:30 - chegar antes para pegar senha). Eles conferiram os documentos, assinei alguns papéis e um envelope com todo o processo me foi entregue para ser levado à comuna de Roma, também no setor cidadania para agendar o juramento e enfim, ser oficialmente ítalo-brasileira!!

Começo de junho vou fazer o juramento (não precisa da presença do marido) e depois conto aqui como foi!

Baci a tutti!

quinta-feira, 14 de maio de 2015

8 dicas pra aprender italiano sozinho - MosaLingua

Saiu minha colaboração lá no MosaLingua, site que dá dicas de como estudar idiomas e tem programas de ensino alternativos e muito interessantes. 

Colaborei dando 8 dicas para aprender italiano sozinho. 

Leiam lá!


terça-feira, 5 de maio de 2015

Mudanças...

Estou sumida, sim, eu sei...

Assim como disseram que 2015 seria o ano da mudança, da transformação, eu estou passando por essa fase. 

Muitas vezes para a realização dos nossos sonhos, a vida nos dá um sacode. Isso mesmo! Pra sair da zona de conforto, tirar a poeira e conseguir enxergar novos horizontes e novos caminhos, a fim de chegarmos mais perto da concretização desses sonhos. 



O importante é confiar em Deus e no destino. Pois toda mudança é para o nosso bem e crescimento. 

Logo mais conto novidades e também tudo sobre a região que comecei a explorar: Abruzzo, com seu lindo mar Adriático paradisíaco. 

Aguardem!

Com força, fé e coragem!

Baci a tutti!


quarta-feira, 22 de abril de 2015

Brasil com Z - A Itália dos... jardins!!!

Hoje estou lá no Brasil com Z, começando uma séria para mostrar uma "outra Itália", pra quem principalmente pensa que Itália são só os campos toscano ou as ruínas romanas. 

Começo falando dos jardins, já que é Primavera e tudo está tão florido por aqui.
O foco, como estou em Roma, são os jardins de Roma e região.

Giardini di Ninfa

Visite lá clicando aqui ou na imagem abaixo.


*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.


terça-feira, 21 de abril de 2015

Brasileiras pelo Mundo - Aborto legalizado

Meu último texto como colaboradora lá no Brasileiras pelo Mundo foi pro ar ontem e fala de como é a questão do aborto na Itália.

Aqui o aborto é legalizado, tem total tutela pública porém, por ser um país muito católico ainda tem alguns pontos que atrasa a questão, aumentando assim os abortos em clínicas clandestina, levando a riscos à mulher.

Saiba em detalhes lendo lá no BPM, clicando aqui.


Baci a tutti!


terça-feira, 14 de abril de 2015

Giardini di Ninfa - Um verdadeiro Oásis no coração da Itália

Para quem acompanhou as fotos na Fanpage e no Instagram, hoje conto um pouco mais sobre esse lindo lugar, considerado o mais lindo jardim da Itália e um dos mais românticos do mundo.



São os Jardins de Ninfa (Giardini di Ninfa), um verdadeiro Oásis que fica na província de Latina, 80 km do centro de Roma. 

Atualmente administrado pela Fundação Roffredo Caetani, Ninfa é um monumento natural da República Italiana, um jardim no estilo inglês, iniciado em 1921 por Gelasio Caetani nas ruínas da antiga cidade medieval Ninfa, destruída em 1381, depois de muitas disputas, brigas entre Papas, famílias poderosas, etc.


Abriga plantas de todo o mundo, 2 nascentes de água potável, insetos e aves. É um mundo a parte. É mágico. Não dá pra perder.


Os Jardins de Ninfa abrem ao público em poucas datas, de abril a outubro, primeiro sábado e domingo de cada mês e outras datas extraordinárias. A visita é guiada, na qual se descobre toda a história e lendas do lugar, o bilhete custa 12 euros e, crianças até 11 anos não pagam e, não dá pra comprar antecipadamente. Entram grupos de cerca de 30 pessoas a cada 10 minutos e, o passeio dura cerca de 1 hora. Para saber mais clique aqui.


Para ir aos Jardins, quem estiver em Roma, deve alugar um carro (assim ficar mais independente), ir de trem até Latina Scalo e depois pegar um taxi ou então procurar grupos de excursão.
O endereço do Oásis é: Doganella di Ninfa Via Provinciale Ninfina 68 04012 Cisterna di Latina (LT).

Ainda não em hospedagem em Roma? Reserve seu estadia clicando aqui. 

Baci a tutti!


terça-feira, 7 de abril de 2015

Conhecendo Bevagna - Umbria

Bevagna, mais um encantador burgo que conhecemos em Umbria. 
Está também, como Spello, na lista dos burgos mais bonitos da Itália.


É do período romano e tem pouco mais de 5 mil habitantes.
Muito conhecida, já foi cenário de diversos filmes italianos (como Musica in Piazza e Fratello sole, sorella luna)  e mais recentemente da série televisiva Dom Matteo 6.
Ao longo da história e tantos conflitos e guerras, foi destruída algumas vezes, sempre sendo reerguida em seguida. 
Como está na região do famoso e fabuloso vinho Sagrantino, não dá pra não saborear pratos realizados com esse vinho e claro, saborear o próprio vinho. 
Eu experimentei nhoques ao Sagrantino (preço 12 euros). 
Di - VI - NO (atenção ao trocadilho: Di vino = de vinho, literalmente) :)


Bevagna realiza diversos eventos populares e culturais, os mais famosos são a festa Primavera Medieval (em abril) e Il Mercato delle Gaite, manifestação popular que reproduz a vida da época medieval, do período entre 1250 e 1350. Acontece sempre na última semana de junho. 


Quem vai pra Umbria não dá pra perder de conhecer essa encantadora cidadezinha.

A presto!
Baci a tutti!

*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.

domingo, 5 de abril de 2015

Brasil com Z: Tradições da Páscoa romana

Passando para desejar uma boa Páscoa a todos!

É a vida que se renova, na verdade a cada dia.

Convido a todos a lerem meu post sobre as Tradições da Páscoa romana lá no Brasil com Z.


Buona Pasqua!

Auguri!


Baci a tutti!




segunda-feira, 30 de março de 2015

Parceria Booking

O Blog Sonhos na Itália está crescendo e com isso também os custos para mantê-lo.
Por isso mais um passo dado: parceria com o melhor site de reserva de hotéis do mundo! O Booking.com.

Vem pra Itália e quer já reservar onde ficar?

Acesse então os links para o Booking aqui do blog, a caixa de pesquisa Booking na barra lateral direita onde é possível pesquisar por data; o Banner acima e também nos posts relacionados a viagens.

A parceria funciona da seguinte forma: você leitor não paga nenhuma diferença por clicar no banner do blog e faz as reservas normalmente como no site. 

Mas clicando em algum link ou banner aqui do Blog, e fazendo uma reserva, eu recebo uma comissão do Booking. Então se você curti ler os posts da vida na Itália, das viagens pela Itália e toda Europa e, conhecer os lugares indicados, agora pode também ajudar a manter o Blog no ar e a realização dos meus sonhos, ficarei super feliz com essa mãozinha!!!!

Banner e caixa de pesquisa Booking indicados pela seta vermelha.

O Booking.com é um grande site de reserva de hotéis. Já usei e não tive nenhum problema, bem pelo contrário, ele tem algumas vantagens como: fazer alterações na reserva e opções de cancelamento na maioria dos quartos disponíveis. O site ainda oferece:

- Garantia de melhor preço.
- Na maioria dos quartos o pagamento é feito na hora do check-in.
- Mais de 660 mil acomodações ao redor do mundo, entre hotéis, pousadas, vilas e apartamentos.
- Pode fazer alterações nas reservas.
- Você pode escolher reservar de diferentes formas: podendo fazer o cancelamento ou reservando de forma não reembolsável, que claro fica mais barato ainda.
- Banco de avaliações dos usuários, assim você pode saber a opinião de outras pessoas que já estiveram no local.
- O site está disponível em português e também em outras 41 línguas.
- O Booking tem aplicativos gratuitos. Você pode baixar em iPhone, iPad, Celulares, Tablets e fazer as reservas de qualquer lugar.
- E o mais importante: O site é super fácil de usar:

É só preencher esses dados na caixa azul (Destino/Data/Número de hóspedes) que ele busca as melhores opções de hospedagem.

Toda a transação com o cliente é responsabilidade da Booking.com.



quarta-feira, 25 de março de 2015

Conhecendo Spello - Umbria

Aos pés do Monte Subasio, pertinho de Assis, se encontra Spello.
Antigo burgo com pouco mais de 8 mil habitantes, todo construído em pedras de Subasio (Subasio é o monte desta região, que tem como característica essa formação rochosa rosada).


Charmosíssimo!
E está na lista dos burgos mais belos da Itália!


Porta Consolare - ingresso da cidade (em restauro)

Igreja de São Martino, século XI.

Porta Venera - do período do imperador romano Augusto.

O passeio, como em todo burgo, é caminhar nas ruazinhas, apreciar a arquitetura e prédios históricos e também visitar as lojinhas de produtos locais (Spello tem como especialidade o azeite de oliva, aliás faz parte da Associação Nacional Cidade do Azeite), além de fazer muitas fotos!


uma das vielas do burgo

Torre da Igreja Santa Maria Maggiore

Adoro burgos, sempre procuramos por um para visitarmos.
Se respira história!
Uma viagem no tempo deliciosa!

No próximo post conto sobre Bevagna.

A presto!
Baci a tutti!

*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Brasil com Z: Como validar no Brasil meu diploma obtido no exterior?

Cada vez mais temos brasileiros estudando no exterior.
A dúvida de muitos é: será válido no Brasil? Como validar?

Portanto hoje estou lá no Brasil com Z falando sobre o procedimento de validação no Brasil de um título de estudos obtido no exterior. 

Confira la´!


Arrivederci!

quarta-feira, 18 de março de 2015

Perugia

Perugia era uma das cidades que sempre quis visitar, aqui na Itália. 
É muito conhecida pela sua história e também por ser pólo universitário. 
Antes de vir morar na Itália um amigo me falou que era a cidade que ele tinha achado mais bonita e mágica, das que ele tinha conhecido por aqui (e olha que não tinha conhecido poucas!).

Finalmente chegou o momento e lá estávamos nós, em Perugia, essa cidade fundada pelos etruscos  (entre XI e X a.C) com pouco mais de 165 mil habitantes e capital da Umbria.

Perugia é mágica! Realmente!
O acesso ao centro histórico (que fica no alto) pelas escadas rolantes nos joga de volta ao passado. Conhecemos Perugia à noite o que tornou a cidade ainda mais mágica e especial!

Foto: umbriamobilita.it
Praça IV Novembre - Fontana Maggiore (guidaumbria.com)

Perugia tem tantas igrejas, tantos monumentos e palácios históricos e até um poço etrusco. 
É uma daquelas cidades para se perder, andar pra lá e pra cá nas suas ruazinhas... E, depois, entrar em um destes botecos não turísticos, fazer um aperitivo ou experimentar uma taça de vinho da região! Foi o que fizemos! 

Com o frio que fazia, a primeira parada um "botequinho" bem simples, com um cara muito gente boa,  que nos preparou um delicioso Punch (ou Ponce all'arancia), uma bebida quente, feita de laranja, rum açúcar e água fervente (muitos usam o Aperol, no lugar do rum, para prepará-la).


Próxima parada experimentamos vinhos e por último, não poderia faltar, um chocolate quente! Já que Perugia é a terra do chocolate italiano (lembram do Bacio Perugina?). 


Queremos voltar em Perugia em julho, quando tem o Umbria Jazz Festival, festival de Jazz que ocorre na cidade desde 1973. Falam que a cidade nessa época respira arte e música, com artistas tocando em vários cantos da cidade, além do palco principal!


Este ano vai ter Caetano e Gilberto Gil! Pra alegria dos brasileiros. Quem sabe dá pra ir né?
Mais informações sobre o festival aqui.

Perugia: vale muito a pena a visita!
Reserve seu hotel em Perugia clicando aqui. 

Baci a tutti!

terça-feira, 17 de março de 2015

Realizando meu sonho na Itália: Origens, jornalismo, moda e fotografia

"Não sei definir bem quando começou o meu interesse pela Itália. A curiosidade veio de dentro de casa, ao imaginar os motivos que levaram o meu avô paterno abandonar um dos lugares mais lindos do mundo, a ilha Sardenha, para tentar a vida em Belo Horizonte. Longe de parentes, longe do mar e diante de uma realidade completamente desconhecida. Quanto mais eu pesquisava, mais me apaixonava por aquele lugar, suas culturas, suas origens, suas paisagens e também sua língua.

Na Sardenha
Em 1999, pude me candidatar a uma bolsa de estudos para estudar italiano (na Fundação Torino, escola italiana em BH), através de um convênio entre a escola municipal em que estudava e a Fundação. Nessa mesma época, dei entrada no meu pedido de cidadania no Consulado Italiano de Belo Horizonte. E a partir dai, foram cinco anos de curso e oito anos de espera para enfim ser chamada a apresentar meus documentos ao Consulado. Nessa espera, expectativas e encantamento só aumentaram. O curso não me ensinou apenas a língua, mas aprendi muito também sobre os costumes, a culinária, o cinema, a arte e a literatura italiana.

Em Verona
Quando me dei conta que era capaz de me comunicar com pessoas do outro lado do mundo, através da internet, em um idioma que eu aprendia pouco a pouco, e ser compreendida, estabelecer laços de amizade e ganhar vocabulário, eu finalmente entendi que a minha ligação com a Itália começava a se concretizar, mesmo que tenha sempre existido, dentro de mim. Foi então que, mesmo antes de me formar em jornalismo, comecei a me informar sobre cursos de pós graduação na Itália ou programas de intercâmbio. Até que, trabalhando em um evento em BH (como freelancer entre um estágio e outro), conheci um italiano que trabalhava na Università Cattolica del Sacro Cuore, em Milão. Ele me deu seu cartão de visitas e me aconselhou a pesquisar no site da universidade um curso que eu gostasse. Foi o que eu fiz. Apos me formar, já trabalhando na área, fiz praticamente uma imersão no mundo das grades curriculares, dos editais e dos formulários para bolsa de estudos. Durante muito tempo ninguém me respondeu. Pesquisei muito nas comunidades do Orkut e conheci pessoas que já haviam conseguido. Com elas, peguei todas as dicas possíveis. Somente dois anos depois de formada a Cattolica me mandou um email, em uma quinta-feira, dizendo que eu havia uma entrevista agendada na terça, em Milão. Enlouqueci. Mesmo porque eu não tinha condições financeiras de arcar com uma viagem internacional de ultima hora. Liguei para toda a família. Para a minha sorte meu irmão mais velho tinha milhas suficientes para me dar a passagem. E, além disso, um primo estava morando em Milão e poderia me hospedar por uns dias no sofá-cama do apartamento em que dividia com outras pessoas. No sábado, embarquei. Na Itália, fiz uma entrevista e voltei para o Brasil para esperar o resultado, que saiu após um mês. No mês seguinte embarquei definitivamente para cursar o master em Milão.

Em Milão
O encantamento e a magia de realizar um sonho depois de todo um trabalho de formiguinha, só contribuíram para que a minha experiência na Itália fosse mais e mais fantástica. Com o tempo, conheci os parentes de meu avô, visitei a sua casa, conheci a fundo a sua ilha e toda a Itália, reconheci a minha cidadania, me formei, arrumei emprego em minha área, participei dos eventos mais importantes no mundo da moda e do jornalismo, fiz muitos amigos e cresci de uma maneira que só seria possível vivendo intensamente a realização de um sonho dia a dia.

Além disso, pude finalmente unir grandes paixões como a moda, o turismo, o jornalismo e a fotografia em um dos cenários mais deslumbrantes do mundo. Tudo isso só fez com que eu tivesse certeza, a cada dificuldade vencida, que todo o esforço valeu a pena. E que o modo que encontrei para investir em meu currículo, realizando ao mesmo tempo um sonho, não poderia ter sido melhor!"

Na Emilia

Cristina Mereu é jornalista, especializada em moda, e também mantém o blog Não vou sair assim, onde compartilha sua impressões sobre a Itália, moda, turismo pelo mundo e fotografia. Para continuar acompanhando Cristina, siga Não vou sair assim no Facebook.

* Quer compartilhar sua história, a realização do seu sonho aqui na Itália? Escreva para sonhosnaitalia@gmail.com. Terei o prazer de publicar a sua história no blog! Baci a tutti!

Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.

Você também pode gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...