Teste Teste Teste

Booking.com

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Brasil com Z - Viajar pela Itália e Europa pagando 1 euro

Hoje estou no Brasil com Z!

Falo sobre viajar pela Itália e Europa gastando só 1 euro!
É possível!
Vejam trecho da matéria aqui e continuem lendo no Brasil com Z!



"
Viajar gastando só 1 Euro? Sim, é possível com Megabus!
Megabus.com, que já opera serviços de ônibus barato (low-cost) na Europa, EUA e Canadá, lançou  rotas para conectar 13 cidades italianas por enquanto: Roma, Milão, Florença, Veneza, Nápoles, Turim, Bolonha, Verona, Pádua, Siena, Genova, Sarzana (La Spezia) e Pisa.
As reservas, que no momento só podem ser feitas on-line e as tarifas começam a partir de apenas 1 €. 
"


quarta-feira, 22 de julho de 2015

10 coisas da Itália que chocam os turistas na primeira vez no país

O site norte-americano Business Insider publicou recentemente o artigo é "10 things about Italy that shock first time travelers" que o colega blogger Franco publicou em italiano no seu blog Brasil Italia. E então, aproveito para publicar aqui a lista em português (com meus comentários em seguida, afinal não somos "americanos" rs).

A pizza autêntica, a massa, o café expresso, bolsas de couro, lugares históricos, relíquias religiosas e o sorvete fazem parte do itinerário típico de um turista durante uma visita à Itália. Mas não se esqueça da coisa mais importante: as pessoas do lugar. Os hábitos das pessoas locais e a sua cultura são muitas vezes ignoradas e deixam o turista perdido esperando por exemplo que as lojas se abram à tarde. 
Portanto, aprenda a base e descubra as 10 coisas que podem te chocar se é a sua primeira vez na Itália:

1 - O BARULHO
Esta poderia ser a primeira coisa que os estrangeiros se lamentam ou pensam dos italianos, o barulho que eles fazem. Para os não-italianos, cada dia é uma surpresa nas ruas cheias de gente local conversando, gritando, cantando, tocando, falando ao telefone e dirigindo furiosamente buzinando. O incômodo é acrescido dos sons dos seus vizinhos que passam através das paredes finas dos apartamentos que rendem cada show televisivo que estão assistindo e a cada canção de piano que estão escutando a alto volume. O barulho pode ser tanto que pode acontecer que alguém do lugar vá preso por motivos como o sexo barulhento ou assassinato do vizinho barulhento. Apesar disso, a Itália continua a ser conhecida como um país vivo, circundado de sons diferentes do dia à noite. (→depende muito de onde se está na Itália, falar alto, cantar e tal, é mais comum dos italianos do sul).

2 - O MENU COMPLEXO
Não esperem comer somente um prato durante uma refeição. Serão pelo menos três pratos durante uma refeição tradicional italiana, que pode ser um pouco incômodo para alguns estrangeiros. O menu é composto de antepastos - pratos como uma fatia de salame ou verduras marinada, primeiros pratos de carboidratos como o nhoque, risoto, macarrão; segundo- o prato principal, de carne ou peixe, com ou sem um contorno, ou seja, verduras à parte; o doce: tiramisù, panna cotta (pudim) ou sorvete, por exemplo; a bebida (da água com gás ao café). É estranho para um turista comer o macarrão sozinho antes da carne, porque o primeiro e o segundo prato não se pode comer juntos. (→verdade, mas pode sempre pedir um prato só).



3 - O CAFÉ DA MANHÃ POUCO SABOROSO
Os italianos não comem ovo, presunto e bacon no café-da-manhã, isso deixam alguns turistas perplexos. Um típico café-da-manhã italiano chamam de "prima colazione" ou simplesmente "colazione", é composta de uma bebida quente como o café, cappuccino, chocolate quente ou o chá preto junto ao pão, pão tostado, brioche, cornetti, biscoitos ou tortas. O café da manhã se realiza no bar (diferente dos típicos americanos) que servem café e produtos de forno para pessoas que querem um café-da-manhã rápido antes de ir ao trabalho ou escola. Se estiverem na Itália e querem ter um café-da-manhã gostoso, comer no hotel é a escolha melhor. (→pouco saboroso eu não digo, só é doce. Nunca vi um comer toast aqui, e também é geralmente leve).



4 - GESTICULAR COM AS MÃOS
A Itália não seria a Itália sem os italianos e, os italianos não seriam os italianos sem os gestos das mãos. Os turistas se divertem muito ao ver as pessoas falarem na praça contando histórias com as mãos que se movem de cá e de lá. A linguagem dos gestos italianos foi herança dos gregos che se transferiam na Itália meridional para colonizar Nápoles. Os italianos naquele período utilizavam gestos para se comunicarem sem serem ouvidos e isso se tornou uma tradição que ainda existe no sangue de cada italiano. (→e acho que um pouco no nosso brasileiro também, mas com gestos diferentes, ahah).



5 - A DEVOÇÃO À FAMÍLIA
Os italianos são conhecidos pela estreita ligação familiar deles, o amor pelas crianças e a assistência aos idosos. Os estrangeiros percebem rapidamente que os italianos colocam a família deles em primeiro lugar e, não é uma vergonha para os italianos solteiros estar com os pais até que tenham formado uma família. Além disso, as crianças são livres de fazer aquilo que querem em público. São toleradas e acolhidas nos restaurantes, mesmo se se divertem correndo, mexendo em tudo ou fazendo birra e tudo porque, são parte da família. (→verdade! E quanto mais pro sul mais são atacados à saia da mamma, rs).

6 - AS RUAS ESTREITAS
Pensem duas vezes antes de alugar um carro na Itália e ser o fizerem, devem estar muito atentos ao percorrer as ruas junto dos loucos motoristas italianos. Se aproximam muito, cortam na sua frente, e às vezes ignoram também as leis de trânsito. Estas coisas são normais na Itália e se vocês se assustam com isso, esqueçam então a ideia de dirigir. Além disso, os italianos, segundo uma pesquisa, foram classificados como os piores motoristas da Europa. Se porém você decidiu dirigir por aqui, basta ser confiante e lembrar deste provérbio italiano: "Olhe adiante e deixe que os outros te olhem de costas", porque este é o modo no qual vivem nas ruas. (→a "regra" é a mesma, quanto mais ao sul, pior fica, rs).



7 - A FALTA DE ESPAÇOS PESSOAIS
Na Itália falta (ou nunca teve) esta coisa que chamam "espaço pessoal". Para eles é educado estar muito perto de alguém enquanto se fala e não é difícil falar enquanto tocam com as mãos e os braços. Beijos e abraços não são considerados fora de hora quando feitos em públicos. Nos meios de transporte, não importa se você se senta perto deles, mesmo se têm outros lugares disponíveis; ou em pé atrás deles que se pode já sentir o respiro. Não pense que o modo de se socializarem é como seduzir. (→discordo, nunca se tocam! somente os muito chegados).

8 - A PAUSA DO ALMOÇO
Você quer comprar alguma coisa e são duas da tarde. Nota que as lojas estão fechadas, assim como a tal loja que você queria ir. Você vai pensar que estão fazendo a "siesta", mas esse não é o caso se você está na Itália. Normalmente as lojas fecham entre 12:30 e 15:30. Mas não para tirar um cochilo. Vão para casa, cozinham, comem e descansam um pouco antes de tornar ao trabalho. Nas cidades grandes, onde nenhum tem tempo de ir para casa, existem os restaurantes que oferece o menu fixo para o almoço. (→verdade, mas nas cidades menores...)


9 - CAFÉ
Quando estiverem na Itália, esqueçam Starbucks um pouco e, se querem ter a sua dose de cafeína vá a um bar. Não confundir os bares italianos como um lugar onde se vende bebida alcoólica. Se entra e um bar, encontra o caixa, pague, pegue a fila e peça o café. Vocês vão notar que a maior parte das pessoas estão em pé enquanto bebem o café, mas vocês podem pegar a xícara, levar até a mesa desejada e saborear sentado, basta estar disposto a pagar um pouco mais por isso. Existem muitas coisas sobre a cultura do café na Itália que se deveria pegar em consideração, por exemplo: não usar a palavra espresso e pedir "um café", não se pede um cappuccino depois das 11 da manhã, e pedir um cappuccino significa que se quer um copo de leite morno. (→não são todos os bares que cobram pra ocupar mesa, mas geralmente nos centros turísticos sim, por isso pergunte antes).



10 - "SLOW LIFE"
Uma coisa que os estrangeiros, em particular das cidades frenéticas de todo o mundo, notam quando vêm na Itália, é o modo geral no qual os italianos pegam as coisas com calma. Slow-food é um modo de vivere. Os jantares podem durar horas. E lembre de não ficar frustado nas reuniões porque é normal para os italianos chegarem atrasados para um compromisso. Em outras palavras, os italianos vivem no presente. Concordam? (→verdade! em Roma, atrasar meia hora é o normal rs).

Baci a tutti!


quarta-feira, 1 de julho de 2015

Brasil com Z - Comprar uma casa a 1 euro na Itália, como funciona?

Hoje estou no Brasil com Z comentando a notícia que circula na internet sobre comprar uma casa por apenas 1 euro aqui na Itália.



É verdade?

É possível?

Como funciona?

Leiam lá clicando aqui!


Baci!

domingo, 28 de junho de 2015

Sonho Italiano - Gazeta de Piracicaba

Hoje saiu finalmente a minha matéria para o jornal brasileiro Gazeta de Piracicaba, escrito pelo queridíssimo jornalista André Luis CIA.

O André fez uma série muito legal chamada Sonho Italiano. 
Cada semana uma história diferente de um brasileiro que vive aqui na Itália. 
São brasileiros que lutam pela realizações dos sonhos no país da bota. 

Um trabalho magnífico e de extrema importância. 
Aproxima, desmistifica, valoriza e também incentiva quem lê e compartilha do mesmo sonho. 



Dá para ampliar a foto e ler a matéria. Quem não conseguir por aqui também está publicada na página do blog. 

Prestigiem e também dêem um feedback pro jornal ( na página ou email redacao@gazetadepiracicaba.com.br) e pro André Luis (andre.cia@gazetadepiracicaba.com.br). É muito importante!

E claro, a minha matéria não seria possível se não fosse o sucesso do blog! 
Agradeço sempre a todos que me acompanham! Grazie mille!

Baci a tutti!



quinta-feira, 25 de junho de 2015

Refletindo em Roma

Mudar pra Roma foi um desafio. 

Amando Milão e adaptada àquele lugar, Roma só me trazia uma coisa: a realização do meu sonho de cursar um doutorado. 
Estou pouco mais de 2 anos aqui na capital italiana. Inicialmente odiando, comparando e criticando tudo. 
Daí, de repente, a vida foi abrindo as portas para me mostrar as outras faces deste fascinante lugar. 

É Deus, eu sei, que quando não esperamos nada ou ninguém, nos surpreende. 

Instagram @sonhosnaitalia

Quando me vi sozinha, enfrentando tudo com cara e coragem, querendo ser forte quando não tinha mais forças, querendo mostrar que podia e conseguia sem saber mais pra onde ir... Querendo fazer tudo e nada ao mesmo tempo, Deus me mostrou alguns sinais - de repente com um susto (ou vários)  - mas não esqueceu do principal:  Ele colocou anjos no caminho. Os anjos humanos. 

Seja os romanos que muitas vezes critiquei, os italianos de outras regiões, os brasileiros e todos os outros que fazem Roma ser o que ela é: única. 

E não me vi mais sozinha. Vi que nunca estamos sozinhos. 

Tem muito amor no mundo, muita compaixão, muita solidariedade. 

Amigos que nascem do nada, amigos que nascem de algo em comum, amigos que não precisam de motivos para se tornarem amigos. 

E não só os amigos, mas todo mundo que passou pela minha vida, mesmo que por um momento, até agora, foi um anjo. Deu o melhor de si, porque tenho certeza que dei o melhor de mim também. 

Energia boa atrai energia boa. 
E assim mudamos o mundo a nossa volta. 

E assim mudei minha visão de Roma. 
Afinal, todo mundo é país. 

E Roma não é só meu doutorado. Roma é minha vida e todos que dela fazem parte. 

E só tenho a agradecer. 

Roma eu te amo!

<3
Instagram @sonhosnaitalia


*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.

ticketbar-rome


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Projeto Italianando a San Paolo - minha entrevista

Participei de uma entrevista com as estudantes de italiano de um C.E.L de São Paulo.
Eu como fui aluna de uma das escolas do C.E.L também, concedi a breve entrevista com o maior prazer. 

Os alunos levam um projeto muito legal, o Italianando a San Paolo. Com um site onde divulgam matérias super interessantes sobre  a língua e a cultura italiana em geral. 


Sobre o Projeto:


"O projeto "Italianando a San Paolo" foi idealizado e concebido com o intuito de auxiliar o aprendizado dos estudantes de língua italiana da turma multisseriada do CEL Professor Mauro de Oliveira. Seu objetivo é fazer com que os alunos, que estudam níveis diferentes da língua, se comuniquem e aprendam, uns com os outros, a língua, as questões culturais, sociais, políticas e econômicas da cultura italiana que existem em São Paulo, desenvolvendo a capacidade de refletir sobre variados temas, construindo, assim, um pensamento crítico em relação aos conhecimentos, além de adquirir autonomia em relação ao seu aprendizado, ao integrar seus conhecimentos prévios com os conhecimentos e informações conquistados ao longo do curso, motivando, assim, a capacidade de trabalhar em grupo e construir o saber coletivamente."


Leiam lá minha entrevista clicando aqui. 

E prestigiem também o trabalho dessa garotada que está entrando no mundo italiano! ;)

Baci a tutti!

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Brasil com Z - A Itália e a homossexualidade

Hoje estou lá no Brasil com Z aproveitando que teve a Parada Gay aqui em Roma domingo passado, para falar sobre o assunto da homossexualidade.

Passem lá!

A Itália e a homossexualidade - Blog Brasil com Z


Viva a diferença!

Baci a tutti!

sábado, 6 de junho de 2015

Juramento da cidadania italiana por matrimônio

Em março de 2013 dei entrada no meu pedido de cidadania italiana por matrimônio (leiam aqui), esclareci algumas dúvidas dos leitores neste outro post e, em maio deste ano, tive minha cidadania italiana decretada (leia aqui). 

O juramento fiz essa semana!

Em prática, paguei uma taxa de 30 euros, levei os documentos que me pediram, ou seja:
- comprovante de pagamento da taxa;
- certidão de nascimento, aquela traduzida e tudo o mais que foi entregue para o pedido de cidadania e me devolveram quando fui retirar os documentos e o decreto;
- original e cópia de um documento italiano válido.

Assinei os documentos oficiais, fiz o juramento à república e à constituição italiana, dizendo:

“Giuro di essere fedele alla Repubblica italiana, 
di osservarne lealmente la Costituzione e le leggi”.


Na meia noite do dia seguinte eu era oficialmente italiana. 
Agora aguardo mais uns dias e entro em contato com a comuna da minha residência para transcrever meu certificado de nascimento, fazer nova carta de identidade como italiana, esta que é válida para viajar pela Europa também, e depois tenho que ir ao comissariado entregar meu permesso di soggiorno. E enfim, fazer pedido do passaporte. 



Ainda não sei como ficará meu sobrenome. De casado ou de solteira. Pois no meu certificado de nascimento tem a mudança do nome, porém, vai depender de quem fará a transcrição do documento. 
Se ficar o nome de casado não preciso mudar nenhum outro documento, se voltar para o sobrenome de nascimento tenho que fazer outro codice fiscale, mudar a carteira de motorista, conta em banco, e tudo o mais que tiver no meu "velho" nome de casada. 

Mas conto para vocês!

Evviva!
Mais uma etapa vencida!
Mais um sonho realizado

Ítalo-brasileira!

Baci a tutti!

sexta-feira, 5 de junho de 2015

The Voice Italy 2015 - Fabio Curto foi o vencedor

Esse ano o The Voice Itália não foi tão polêmico quanto o do ano passado, no qual venceu a Freira Cristina. 
Essa foi a 3ª edição do programa na Itália. 
O vencedor ganha um contrato discográfico de 200 mil euros com a gravadora Universal Music Italia.

A novidade deste ano foram os júris pai e filho Roby e Francesco Facchinetti. Roby é "um clássico" da música italiana. Bergamasco de 70 anos, era o vocalista e tecladista da banda Pooh, dos anos 60. Seu filho Francesco, milanês de 34 anos, é o DJ mais ouvido da Itália. 



Os dois agitaram o programa deste ano com sua energia e brigas de pai e filho, pois discordavam sempre na hora de escolher ou eliminar um candidato. 

Os outros jurados, como no ano passado eram Noemi, J-Ax e Piero Pelú (adoro!).



Os quatro finalistas foram: Roberta Carrese, Thomas Cheval, Carola Campagna e Fabio Curto.



E o vencedor desta edição foi o calabrês Fabio Curto, que tinha como "coach" os Facchinetti.



Vejam sua apresentação fenomenal na final clicando aqui, ou no link abaixo.


Mais vídeos e tudo sobre o programa no site oficial, clicando aqui.

Ci vediamo!
Baci a tutti!

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Série "A Itália dos ..." no Brasil com Z

Publiquei três textos já no Brasil com Z da série "A Itália dos..",  para mostrar uma "outra Itália", principalmente para quem pensa que Itália são só os campos toscanos ou as ruínas romanas.

Os posts já publicados são:

A Itália dos… jardins!!!  no qual falo sobre os lindos jardins públicos e privados italianos, uma ótima pedida pra curtir a natureza na Itália, imperdível. 



A Itália dos… etruscos!!!  falando sobre um pouco da história etrusca, povo que viveu na Itália entre 1200 e 400 a.C. Há muitas ruínas e cidades etruscas para se conhecer, além das romanas. Incrível.



-A Itália dos… burgos e suas sagras!!!, onde falo sobre os encantadores burgos medievais. Seus muros, seus castelos, sua história e claro, as sagras! Para saborear comidas e produtos típicos locais da melhor forma possível. 



E virão muitos outros artigos mostrando um outro lado da Itália, fora do giro turístico mais popular!

Acompanhem-me lá no Brasil com Z. 

Blog que administro com paixão e publico 2x ao mês!



Baci a tutti!


*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.

ticketbar-rome



sexta-feira, 22 de maio de 2015

Diferenças Eataly São Paulo - Eataly Itália

No verão do ano passado fui com minhas primas, que são de São Paulo, na Eataly de Milão (até comentei em um artigo publicado). 
Recentemente abriu a Eataly de São Paulo, elas foram conferir e me contaram como é, o que encontraram, os preços e o quer faltava em relação da Eataly italiana. 

Confiram!


"Os restaurantes, são divididos por categorias, massas e pizzas, carnes, peixes, antepastos. E tem um mais chique no último andar que é o http://www.bracebaregriglia.com.br/ 
Tem também uma sorveteria, uma doceria, uma caffeteria, um stand da Nutella, uma padaria e uma parte com vinho e chopp, que você compra avulso.

Todos esses locais que citei, o que você consumir, você paga na hora. 

Nataly São Paulo

Gosto da parte da padaria, pois você pode comprar um pão recheado, pegar uma taça de vinho, e consumir na mesa que tem em frente. Estilo o que fizemos em Milão, você não paga taxa de serviço, e come tão bem quanto no restaurante... se você só quiser petiscar vale super a pena.

Como fomos no segundo dia após a inauguração, chegamos as 18:40 no local, fizemos um tour pelos restaurantes, que se misturam com as prateleiras do mercado, e escolhemos comer no restaurante que serve pizza e massa. Tivemos uma espera de 1 hora pra conseguir mesa. Mas não foi cansativa a espera, pois possuem um sistema de senhas,  que enviam um torpedo no celular quando sua mesa fica vaga, então isso nos permitiu passear pelo mercado enquanto esperávamos, onde consumimos uma taça de vinho por R$9,90 e comemos um pão com recheio de abobrinha com ricota e patê de azeitona preta, divinos.



No restaurante fomos super bem atendidos. Todos os atendentes são super simpáticos e preocupados em te servir bem.

Preço justo na massa também, paguei por volta de 35 Reais o prato. Percebi que 1 litro de vinho, mais barato do cardápio era R$70,00, isso é um preço bom aqui em SP...rs



Depois fomos saborear um sorvete, que serve igualzinho à moda italiana, com os sabores italianos, perfeito.
Valor do potinho pequeno: 12 Reais, comprei o médio com dois sabores e paguei 14 Reais.



No stand de Nutella, o crepe de Nutella com frutas sai por 14 Reais, um pode inteiro de Nutella dentro do crepe. Mto bom tb, mas as frutas tinham acabado, então fez falta, pq o crepe ficou mto doce...rsrs


Bom.. por ser abertura, tinha muitas gôndolas de produtos já vazias, percebi que haviam vendido muita coisa e não houve reposição.

Já a parte de pratos e utensilios domésticos, um absurdo de caro, um saca rolha 500 Reais. Um cesto em forma de galinha pra colocar ovos 600 Reais!!!



As frutas achei caras também, 64 Reais o quilo das uvas sem caroço.

A parte de chocolates achei fraca, senti falta de mais variedades de chocolates, inclusive incluíram produtos brasileiros, como goibada, bananinha, etc. nesse setor.

Senti falta das garrafonas de 2 e 5 litros que você enche pra levar pra casa, vino sfuso, no Eataly SP não tem isso.

Senti falta de cervejas italianas, são mais marcas brasileiras artesanais que tem lá.

Bastante diversidade de água a venda também.

Sabonetes cheirosíssimos que na Itália custam entre 3 e 4 euros.

Bom.. o estacionamento do Eataly estava lotado, paramos num outro do prédio ao lado.. e gastamos nada mais, nada menos do que 39 Reais por 4 horas estacionados...rs.. mas no Eataly deve estar nessa faixa de preço. Ele está localizado numa área nobre de SP!

Inclusive, público frequentador é de classe média alta. 

Vi bastante estrangeiro por lá também.

Tem banheiros em todos os andares.

Gostei bastante, quero voltar, pra curtir mais os produtos que vendem, dessa vez conheci geral, agora quero namorar mais cada setor.

Achei o máximo que tem a Porchetta de Ariccia!!



Nesse Eataly tem no primeiro andar uma sala dedicada pra cursos e degustações, que são pagas, e com horários agendados, no site contém os programas disponíveis, mas nesse primeiro momento estão chamando convidados que são donos de restaurantes italianos famosos em São Paulo."
               
                                                                                                                       Francesca Romanato

Bem, não é que a Eataly italiana seja baratíssima, tem coisa com preço acessível e tantas outras não. Pelo jeito a de São Paulo também é assim. E claro que não vai ter tudo o que tem por aqui, mas pelo que vi tem bastante coisa parecida com a daqui e parece que vale a pena né?

Alguém de vocês leitores foi e tem algo a acrescentar? Conte-nos nos comentários!

Baci a tutti!

*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

15 frases que já ouvi dos italianos por ser brasileira

Todo mundo conhece alguns dos estereótipos dos brasileiros e brasileiras. 

Quando estamos no exterior, vira e mexe nos deparamos com 'pequenos comentários', 'afirmações' ou 'colocações' ignorantes e estereotipadas. 

Quer saber o que já ouvi por aqui?

Aí vão 15 frases que já ouvi dos italianos:



1 - "Brasileira? Samba um pouquinho então pra eu ver!" (Vai ficar esperando querido...)


2 - "Ela é brasileira? Ah então teve ter uma bunda bonita." (Uma italiana para um amigo também italiano quando ele falou que conheceu uma brasileira (eu), e ele ainda me contou! Hahahaha).



3 - Você é química? Mas tem universidade no Brasil?? (Vindo de um dos mais ignorantes que me deparei por aqui).



4 - "Quantos animais exóticos você já viu?" (Essa é péssima, a imagem do Brasil Floresta).



5 - "Você é brasileira? Branca desse jeito!?!?!" (A imagem de que brasileiros são todos negros).


6 - "Você não tem cara de brasileira." (E existe uma? Me conte então qual!)


7 - "Nossa, mas você é inteligente né? Nem parece brasileira." (Sem maiores comentários né? Detalhe: o tipo é casado com uma brasileira!).



8 - "Você não teve estar acostumada com o frio né?" (Estereótipo do Brasil Tropical, calor o ano todo).


9 - "Dirigir aqui para você deve ser uma loucura!" (Ah, mal sabe como é o trânsito em SP).



10 - "Brasileiras são quentes e gostam muito de sexo." (... Aff)


11 - "Contratamos uma brasileira pra ficar sorrindo o dia inteiro, cadê o seu sorriso?" (Quer que eu sambe também? Ah fala sério!)



12 - "O que você veio fazer na Itália, se casou com um italiano?" (Não querida...).


13 - "No Brasil se fala espanhol né?" (Acertou em cheio! Seria menos feio se falasse o 'brasiliano').



14 - "Você é da Bahia ou do Rio de Janeiro?" (São Paulo querido, o Brasil não é só Bahia e RJ, nem muito menos só praia e carnaval!).


15 - "O que você veio fazer na Itália se no Brasil você tem sol, praia e samba todos os dias?" (Preciso desenhar??)



TODAS as frases foram ditas por pessoas diferentes!

VOCÊ mora na Itália ou veio a passeio e ouviu alguma pérola diferente destas que eu ouvi? Conte nos comentários.

 ;)

Sigam minha fanpage Sonhos na Itália.


Baci a tutti!

*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Cidadania italiana por matrimônio decretada!

O prazo dos 720 dias para sair o decreto do reconhecimento da minha cidadania italiana por matrimônio foi ultrapassado mas saiu! Finalmente!
(Quem não leu o artigo que escrevi na época que dei entrada na documentação, clique aqui).

O atraso também pode ser sido ocasionado porque mudei a residência de Milão a Roma. Neste caso, eu tive que enviar um email à prefeitura de Milão, onde tinha sido protocolado meu pedido de cidadania, com os dados da nova residência. Assim, eles enviaram toda a documentação à Prefeitura de Roma e, depois de cobrança da minha parte por email, recebi o email com a declaração de que a cidadania italiana tinha sido decretada!

Evviva!



A etapa seguinte foi levar os documentos exigidos, ou seja:
- declaração recebida via e-mail;
- marca da bollo de 16 euros;
- copia de um documento de identificação;
- permesso di soggiorno;
- declaração de auto certificação da residência e matrimônio.

Levei à prefeitura de Roma no setor cidadania (de segunda à sexta das 10:30 às 12:30 - chegar antes para pegar senha). Eles conferiram os documentos, assinei alguns papéis e um envelope com todo o processo me foi entregue para ser levado à comuna de Roma, também no setor cidadania para agendar o juramento e enfim, ser oficialmente ítalo-brasileira!!

Começo de junho vou fazer o juramento (não precisa da presença do marido) e depois conto aqui como foi!

Baci a tutti!

quinta-feira, 14 de maio de 2015

8 dicas pra aprender italiano sozinho - MosaLingua

Saiu minha colaboração lá no MosaLingua, site que dá dicas de como estudar idiomas e tem programas de ensino alternativos e muito interessantes. 

Colaborei dando 8 dicas para aprender italiano sozinho. 

Leiam lá!


terça-feira, 5 de maio de 2015

Mudanças...

Estou sumida, sim, eu sei...

Assim como disseram que 2015 seria o ano da mudança, da transformação, eu estou passando por essa fase. 

Muitas vezes para a realização dos nossos sonhos, a vida nos dá um sacode. Isso mesmo! Pra sair da zona de conforto, tirar a poeira e conseguir enxergar novos horizontes e novos caminhos, a fim de chegarmos mais perto da concretização desses sonhos. 



O importante é confiar em Deus e no destino. Pois toda mudança é para o nosso bem e crescimento. 

Logo mais conto novidades e também tudo sobre a região que comecei a explorar: Abruzzo, com seu lindo mar Adriático paradisíaco. 

Aguardem!

Com força, fé e coragem!

Baci a tutti!


quarta-feira, 22 de abril de 2015

Brasil com Z - A Itália dos... jardins!!!

Hoje estou lá no Brasil com Z, começando uma séria para mostrar uma "outra Itália", pra quem principalmente pensa que Itália são só os campos toscano ou as ruínas romanas. 

Começo falando dos jardins, já que é Primavera e tudo está tão florido por aqui.
O foco, como estou em Roma, são os jardins de Roma e região.

Giardini di Ninfa

Visite lá clicando aqui ou na imagem abaixo.


*Vem pra Itália e quer reservar os hotéis nas cidades que for visitar, de uma maneira fácil, barata e segura? Clique aqui.


Você também pode gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...