03/04/2011

Marlinho, sentirei saudades!

                  Ontem tive a notícia que um dos "meus" cachorros, o Marley, morreu. Ele ia fazer 11 anos. Um vira-lata, filho da  Raimunda (Munda, Mundinha) e do Scott (Cot, Chico, Chicot).
                    Ficou ruinzinho, e faleceu, quietinho, segundo a minha mãe.
           Fiquei triste porque o Marley era um cachorro alegre, inteligente e muito atentado. Mas principalmente porque eu não me despedi dele, na correria de vir embora para cá!
                    Demos o nome de Marley claro, em homenagem à Bob Marley. 


                    Marley deu-nos muitas alegrias e muitas dores de cabeça também! Folgado, só queria ficar no sofá (ou em cima da minha cama), comilão (adorava bolo!), mas muito, muito carinhoso e inteligente. 
                   Já passou uns apuros, como em 2001, que foi atropelado por um caminhão, e virou um "balão". Achamos que ele morreria, mas não. Se recuperou e voltou a ser o nosso Marlinho arteiro.
                    Brigava muito com seu pai Scott. Mas adorava ir tomar sol no quintal. Eu sempre falava numa manhã de sol em casa: "Marley, "vamu" no Sol????" e ele vinha correndo lá da sala e deitava lá no quintal, no sol, comigo.
                     E eu aqui na Itália, sempre que tem sol falo isso, com saudades.
                     Agora ele se foi. E espero que seu espírito esteja em paz, evolua e seja feliz. Se é que tudo isso funcione assim e seja possível.
                     O Scott ainda está vivo, em casa. Vai fazer 12 anos esse ano. E está firme e forte.
                     Nos apegamos aos bichinhos, tratamos como um membro da família. E quando se vão deixam muitas saudades. É a vida.
                     "Marlinhuuuuu, saudades!"
                      
                      Baci, buona domenica a tutti!

8 comentários:

  1. Oi Carla.

    Eu também me apego muito aos meus bichinhos e sofro muito quando estão doentes ou quando "precisam partir".
    Com certeza ele está bem, brincando lá no céu.

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  2. OI Carla, infelizmente... ou felizmente, é a vida. Viemos, fazemos diferença e vamos embora. Também tenho um cachorro, o Fred... ele mora com minha mãe e eu o amo demais. Ele tem 3 anos e já pensei algumas vezes como vai ser quando ele se for...
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Que o cachorro é o melhor amigo do homem..nao tenho duvidas!Tb tive um cachorro assim..o meu se chamava Lobinho..ganhei d uma vizinha 1 mes apos o nascimento dele.Ele viveu conosco por 17 anos. No dia do meu aniversario de 18 anos, eu estava preparando uma festinha..qndo eu estava chegando em casa com um bolo no colo..o Lobinho estava na porta da minha casa..com a pata traseira quebrada..nesse dia começou uma luta que durou mts anos..as visitas ao veterinario eram semanais...a perninha dele nunca foi curada..mesmo de muletinha ele ainda fazia seus passeios..e viveu por mais alguns anos.. Um companheirao! A gente fica triste ne?? Enfim..mas faz parte da vida!! Bom descanso ao Marley! bjs.. Boa semana pra vc ;)

    ResponderExcluir
  4. Tomara Elvira, beijos.

    É verdade Márcio, difícil é pensar na partida, mas é a vida. abraços

    Tbm não tenho dúvidas Valéria! Mas esse Lobinho foi guerreiro heim? 17 anos!!! Obrigada e boa semana pra vc tbm. bju

    ResponderExcluir
  5. Nooossaaa, chorei com esse post! Eu amo cachorro e tenho um, porém ele teve que ficar no Brasil (infelizmente).
    Senti suas dores, compreendi cada vírgula desse texto e nem sei o que te dizer para te dar forças ou consolar.
    O meu, nesse ano, teve que passar por uma cirurgia e a veterinária disse que ele poderia não suportar devido à idade etc. Como eu sofri, como chorei, como foi ruim até ver que ele ficou 100%.
    Infelizmente, eles não vivem pra sempre no mundo real, mas em nossos corações e mente estarão sempre lá com aquele brilho nos olhos, rabo abanando e nos dando mtas alegrias.
    Que o Marley descanse em paz e esteja num belíssimo quintal com sol!
    Bjs,
    Manddy
    http://tourdubaiguide.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. É verdade Mannddy! Sofremos juntos, são praticamente como nossos filhos! obrigada pelo carinho, pelas visitas e comentários. beijos

    ResponderExcluir
  7. Carla, so hoje vi o seu blog, comentando a morte do Marley acabei chorando com saudades dele mais ainda de voce, bjos te amo. te guanais goncalves@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. ah mãe!! chorei de novo lendo o que escrevi! rs... saudades dele tbm, era mto especial. saudade maior ainda de vcs aí! te amo! bjao

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...