13/11/2012

La castagna

Foram os romanos que começaram a cultivar em grande escala as castanheiras (ou castanheiro europeu - Castanea sativa). Madeira dura e resistente, o fruto não era ainda muito apreciado. Foi na era medieval que a castanha tornou-se um componente importante na alimentação popular, tanto que era chamado de "il pane dei poveri" (o pão dos pobres).

Alto valor nutritivo, ricas em fibras e pouca gordura, possuem proteínas de ótima qualidade, além de alto teor de açúcar, ferro e magnesio.

O fruto da castanheira é o "ouriço", em italiano o riccio. As castanhas e os marroni são as sementes. E são elas as apreciadas. Os "marroni" se diferenciam das castanhas por serem maiores e, dentro do fruto "ouriço", contém somente uma. Enquanto quando o ouriço é menor, contém as castanhas, que podem ser de 1 a três unidades em um só fruto. Eles se diferenciam também pelo sabor.

                           

Algumas formas de apreciar as castanhas:

- Farinha de castanha, nutritiva, utilizada para o preparo de diversos pratos doces como bolos e biscoitos, mas também pratos salgados e massas!


- Marrons glacé, doce produzido com os "marroni" foi criado no século XVIII, e era sempre presente na mesa dos nobres, e logo depois, como tradição no ano novo, como votos de felicidade e abundância.


- Torta Mont blanc, famoso doce de outono, em homenagem à montanha.


E claro, o Caldarroste, o modo tradicional de comer castanhas, ou seja, cozidas em uma frigideira furadinha.

          
  

Querem mais receitas com as castanhas??? Cliquem aqui!

Baci a tutti!

7 comentários:

  1. Que post delicioso! É uma das coisas que mais gosto do outono.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Noooooossa meu Deus, tô com a boca cheia d'água! Que delicinha!!! Assim você mata a tia Lana né Carla!?...
    Bj Lana

    ResponderExcluir
  3. Apesar de não conhecer, deu água na boca... hummmm...
    Seu blog, também, é uma delícia... além do quitutes...
    Parabéns!
    Doces beijos,
    Johanna.

    ResponderExcluir
  4. Ciao, Carla!

    Que post delicioso, menina! adorei o link para as receitas, vou tentar fazer alguma...
    Espero que esteja tudo muito bem,
    Beijos

    Patricia Turdo

    ResponderExcluir
  5. ieri ne ho comprate una "manciata" (15/20 castagne) alla Carrefour. 59,00 R$ al kg!! Da suicidio. Ma ne vale la pena, specialmente per chi, come me, ha TANTISSIMA saudade dei cibi italiani. Se trovassi la "vera" mozzarella campana o pugliese pagherei anche di più!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. A sorte eu que eu consigo de graça essa maravilha direto da castanheira que tem no Rio Grande do Sul....hehehe
    E a maneira mais tradicinal de comer é cozida na água / caldarroste


    Att.
    Mauricio

    ResponderExcluir
  7. Oi Carla,

    Deixei de fazer caldarroste em casa: suja todo o fogão. Mas não deixo de comer pelos carrinhos espalhados pela cidade neste período. Já o marron glacé eu evito (milhões de calorias só no olhar).

    :)

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...