12/11/2012

11 di novembre - San Martino di Tours

Ontem foi dia de São Martinho, um dos primeiros santos da Igreja Católica. Viveu entre os anos de 316 ao 397, nasceu onde hoje é a Hungria, nas durante a sua infância a família se transferiu para a Gália, atual França.
Filho de um comandante do exército romano, desde jovem lutou contra o paganismo, a favor do cristianismo.

El greco, San Martino e o mendigo.

A data é comemorada aqui na Itália de várias formas.
Em Abruzzo, fogueiras são acesas e há uma competição entre quem conseguir fazer o fogo mais alto e duradouro, em honra a San Martino.
Na região veneziana, preparam o doce de São Martinho, um biscoito com a imagem do santo à cavalo, todo decorado. Ainda acontece de crianças sairem às ruas batendo panelas e tocando instrumentos, de loja em loja, casa em casa, em troca de guloseimas e moedas.


Em muitas regiões da Itália, 11 de novembro é o marco da maturação do vinho, e tem o provérbio: " A San Martino il mosto diventa vino". É quando o acaba a fase de maturação do vinho. A data é comemorada, abrindo vinhos que acabaram de amadurecer acompanhado com castanhas ou caldarroste. Acontecem vários eventos em toda Itália, sagras, cantinas abertas, etc. 



No norte da Itália, até muito tempo atrás, os contratos de trabalho acabavam no 11 de novembro. Quando os trabalhos nos campos acabavam mas sem ainda a chegada do inverno. Quem tinha uma casa em uso, no campo, deveria liberá-la até esta data. E a data então, ficou conhecida como uma data de "trasloco"  (mudança de casa), portanto, em alguns lugares ainda se usa a expressão " fare San Martino" , se mudar!

Como citei a castanha, é época! No próximo post vou falar das tradições das castanhas na Itália.
Baci a tutti!

Um comentário:

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...