08/02/2017

Colaboração: Parto na Itália. Como escolher o hospital ou clínica

Hoje publico um artigo de uma mamãe brasileira aqui na Itália, a Gisela Ude. 
A Gisela tem dois filhos aqui na Itália, os dois nasceram em Roma e em condições diferentes. 
Como estou na "procura" por melhor hospital, tipos de parto e assistência às neo-mamães, nada como o relato de uma brasileira que já passou por isso duas vezes. 
Segue então a experiência e também dicas da Gisela, a quem agradeço desde já!

Parto na Itália. Como escolher o hospital ou clínica.

Um pouco de estatística partos na Itália. 


Muitas mamães grávidas se questionam: parto natural ou cesariana? Qual é melhor? O que dizem as estatísticas sobre o parto na Itália? 
Bem, a Itália ocupa o 1º lugar dos países com maior frequência de cesarianas na Europa. São 377 a cada 1000. Portugal está em segundo lugar! Veja que interessante o gráfico abaixo.




Já o Brasil bate record mundial de cesárias. São 84% no sistema privado e 40% no sistema público! Números assustadores! 

Como escolher o melhor hospital ou clínica para o seu parto na Itália?


Clínica ou Hospital? Na Itália você tem a opção de escolher entre uma clínica privada ou Hospital. É importante saber que muitas clínicas privadas têm convenção com o sistema público e você pode usufruir de um serviço excelente com a mesma comodidade que um hospital e tudo isso gratuitamente! Você vai precisar de uma impegnativa do médico da Asl para isso. Mas não se preocupe que no curso pré-parto do hospital que você escolher ter seu bebê, eles explicam tudo!

Nível do Departamento de Neonatologia dos hospitais na Itália.

Outro fator importante na hora de escolher o hospital é o que eles chamam aqui de "livello di neonatologia". Basicamente existem 3 níveis de neonatologia. E cada hospital e clínica pertence a um determinado nível. O que isso significa?

A estrutura de 2 nível são aquelas onde nascem no mínimo 1000 bebês por ano. Recebem mães da 32 semana em diante. Possuem um departamento de reanimação e transferimento para as estruturas de Terceiro nível com Unidade de Tratamento Intensivo. O melhor nível é o 3 porque são estruturas que podem garantir uma maior assistência ao recém-nascido. As estruturas do 3 nível são divididas em 3 tipos. A, B e C.

A) São estruturas com aparelhos para a ventilação mecânica, realizam cirurgias de base e recebem mães a partir da 28 semanas, além de serem estruturados para atender bebês que nascem com 1000 gramas em diante.

B) Já as estruturas de Terceiro Nível tipo B possuem um suporte respiratória com High Frequency Ventilation, acesso a inúmeros especialistas infantis e diagnóstico por imagem, ressonância magnética e outros.

C) As estruturas de Terceiro Nível tipo C oferecem suportes como cirurgias de mal formação cardíaca congênita e aparelhos para respiração extra-corpórea.

Curso Pré-parto na Itália: É um outro fator importante na hora de escolher a estrutura onde ganhar seu bebê na Itália. Muitas estruturas oferecem cursos pré-partos para a mamãe e o papai, alguns gratuitos outros à pagamento. É fundamental porque permite conhecer a estrutura, onde é a sala parto, te explicam o que você tem que fazer exatamente quando começam as contrações. Você conhece as enfermeiras, obstétricas e diversos especialistas envolvidos. Além de esclarecer diversas dúvidas que vão surgindo durante a gravidez. No curso te orientam sobre a documentação necessária, as regras do hospital, técnicas e exercícios para o trabalho de parto. Eu sinceramente recomendo. Eu fiz o curso na Clínica Casa di Cura Santa Famiglia em Roma. É uma estrutura de 2 nível com convenção com o sistema público. Recentemente estruturada e o bebê fica no quarto com a mamãe. O site deles é esse www.cdcsantafamiglia.it.

Presença do Pai e Visitas - algumas clínicas permitem a permanência do pai todo o tempo exceto à noite. Alguns hospitais tem horários mais limitados. Na Clínica Santa Famiglia onde tive meu primeiro filho o bebê fica no quarto, o papai pode ficar o tempo todo no quarto e tem o horário para os visitantes. Já no hospital Cristo Re onde tive meu segundo filho, os horários são mais rigorosos. E no horário de visita, todos os bebês vão para a maternidade. E através de um vidro, parentes, amigos e visitantes conseguem ver o bebê. Sinceramente, a segunda opção na minha opinião é bem melhor!

Rooming-in

Nido (maternidade) ou Rooming in. Na Itália a maior parte dos hospitais permitem que o bebê fique no quarto a maior parte do tempo. E se a mamãe estiver com as baterias carregadas pode até pedir para que o bebê fique com ela durante à noite. Eu pedi isso para poder amamentar durante a noite. Porque no nido se o bebê chora os enfermeiros dão uma solução de glucosio para as crianças acalmarem e dormirem. Tudo vai depender do estado na mamãe após o parto.

Quanto tempo no Hospital após o parto na Itália? Normalmente são 3 dias. Depende de diversos fatores, da saúde da mamãe e do bebê. Meu segundo filho nasceu com icterícia. É fisiológico. Mas tem hospitais como o Cristo Re em Roma que só liberam o bebê uma vez que a análise das Bilirrubinas é inferior a um certo número! Ou seja, fiquei internada 7 dias. Até chorei porque não via a hora de ir embora pra casa com meu bebê!

Cesária ou Parto Natural? A minha experiência. Eu sou mãe de dois lindos meninos. Um de três anos que nasceu em uma clínica de 2 nível em Roma, na casa di Cura Santa Famiglia com uma cesariana porque ele era podálico, ou seja, estava sentadinho e não quis virar. O meu segundo filho tem quase 1 ano que nasceu no Hospital Cristo Re com um parto natural VBAC (Vaginal Birth after Cesarian) o que é raríssimo. Eu sempre quis ter o parto normal mas pra quem já fez cesária tem diversos riscos e muitos médicos não te permitem isso. Mas no hospital Cristo Re sim! Procurei me informar em diversos grupos como o "VBAC partorire naturalmente" no Facebook e marquei uma consulta com o Dr Piscicelli no Cristo Re. Se você é mão de segunda viagem e tem vontande de ter um parto natural depois de ter feito cesária, procure esse médico e se informe! É possível sim!

Eu me chamo Gísela Ude do blog Mãe na Itália. Dúvidas e perguntas entre em contato comigo. E parabéns à nossa Carla Guanais, futura mamãe na Itália! :)

Um comentário:

  1. renan phillipe silva feliciano8 de fevereiro de 2017 15:51

    Boa materia... parabens pela ajuda de informacoes que passam a toda populacao

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...