18/09/2010

Saúde na Itália

         Na Itália existe tanto a saúde pública como a privada. A medicina particular cabe apenas aqueles que optam pelo atendimento elitizado para evitar filas ou desfrutar do conforto de instalações apenas esteticamente melhores.
         Os planos de saúde não são difundidos como no Brasil, sendo utilizados apenas pelos turistas e estrangeiros pois estes não têm acesso ao sistema público.

Como funciona então a Saúde Pública?

            Cada cidadão italiano tem o seu médico generalista (médico de família, clínico general ou especialista em medicina interna). Este profissional é escolhido pelo cidadão entre os médicos que atendem perto de sua casa. Eles geralmente atendem em consultórios públicos, mas também nos postos de saúde. O cidadão tem prioridade na escolha do médico que atenda perto de sua casa. Se você já tiver algum conhecido para te recomendar um médico, pode ser até melhor. No caso do meu marido, um colega indicou, mas ele não é cidadão italiano como o meu marido, e disseram que há diferenças sim nos médicos e atendimento para quem é cidadão e para quem só tem algum tipo de permesso. Não deveria não é mesmo? Então sugeriram para ele no dia de fazer a Tessera, um médico de Cidadãos.
          A consulta com o médico de família é gratuita e feita sem marcar horário. Quando o cidadão tem necessidade ele se encaminha diretamente ao consultório do médico no seu horário de atendimento. Em casos de emergência/urgência o cidadão deve encaminhar-se ao pronto socorro.
            O atendimento no pronto socorro é gratuito para emergências ou urgências. Se não for o caso, o cidadão deve pagar um "ticket", que é uma espécie de taxa ao Estado. Este ticket varia de acordo com o atendimento e vai desde 15 a 40 euros.
As estruturas físicas que formam o sistema de saúde público italiano são: os consultórios dos médicos de família, os postos de saúde e os hospitais.
            Os internamentos são gratuitos, assim como uma eventual cirurgia.
Algumas cirurgias não são consideradas essenciais (como as cirurgias estéticas) e dessa forma não são realizadas pelo sistema público de saúde.
            Quando o médico de família achar necessário, ele encaminha o paciente a um médico especialista. E neste caso, o paciente deve pagar o "ticket".
Muitos são os casos de isenção do pagamento desta taxa. Alguns exemplos: emergência, doenças crônicas, idade acima de 65 anos, entre outros.

Onde fazer a Tessera Sanitaria?



           Ela é feita tanto nas agenzie delle entrate como nas aziende sanitarie locali – ASL.Você deverá apresentar o seu passaporte, o código fiscal, um comprovante de residência (é provável que seu contrato de locação seja suficiente) e o permesso de soggiorno válido (ou a richiesta di rilascio). Sua tessera sanitaria terá a mesma validade do seu permesso di soggiorno.

             Eu, enquanto ainda tenho um ótimo plano de saúde aqui no Brasil, estou fazendo um check up geral, antes de ir para a Itália.. Fisioterapia para o joelho, RPG, ginecologista com todos os exames de rotina, até endocrinologista pois descobri que tenho hipotireóide. Bem, depois do check up, vou preparar uma "mini-farmácia" para levar na bagagem, pois é difícil comprar medicamentos comuns sem receita médica, como fazemos aqui no Brasil. Então, até tirar a carteira de identidade, o código fiscal, e a tessera sanitária, terei meus remédinhos à disposição. Não que eu seja uma hipocondríaca...rs.. mas, é sempre bom prevenir né?

               Mille Baci.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...