17/12/2010

Eu e a Cozinha!

               Quem me conheceu antes de casar sabe que eu e a cozinha não éramos muito íntimas. Eu sempre falava que depois que eu e o Tiago nos casássemos, ele cozinharia e eu lavaria a louça. Pois ele é ótimo na cozinha, já eu.. total inexperiência. 
                   Mas a vida ensina, e o que eu sabia era a teoria, vendo mãe e avó cozinharem, e muito bem! Acho que o que eu tinha feito era passar um bife, fazer um ovo mexido, um miojo, e algum doce, bolo. Só! O arroz e feijão de todo dia, ihhhh, só na teoria mesmo, hahaha.
                 Nos casamos, viemos pra Itália (ele primeiro, como já sabem), e acabou que tive que aplicar a teoria. E, o Tiago sempre me disse: você é química, entende de mistura, de combinar, de reagir.. bem, faz sentido! hahah.. E não é que me saí super bem? Melhor que a encomenda, como diria minha mãe, hahaha. 
                      O problema é que aquilo que disse antes de casarmos, acabou não acontecendo, tive que ficar com as duas coisas, cozinhar e lavar a louça, porque o marido nem tempo pra isso tem, de tanto que trabalha (eu ainda preparo a marmita dele, rs). Mas não vou deixá-lo mal acostumado não, no fim de semana deixo a louça pra ele, e a parte de cozinhar também, afinal, tenho que ter uma folguinha da cozinha né? rs
                      Alguns pratos desta semana:

Cozido de carne de porco com brócolis e cenoura, acompanhado de arroz com lentilhas.

Tortellini ao molho branco com espinafre

Carne de porco acebolada, arroz com lentilhas e rúcula selvagem

Bolo de laranja e maçã
                   E todo mundo pergunta ou me diz: mas na Itália só se come massa, pizza, não tem arroz e feijão? Mas claro que tem! Claro que eles têm o costume de comer massas, mas não que não se encontre outros tipos de comida por aqui. E arroz então! Milão é a terra do arroz, a Lombardia toda. A terra do risotto. E se encontra vários tipos de arroz. Vejamos alguns:

- Riso Basmati - de grão longo, famoso por sua fragrância e sabor. É o mais próximo do nosso arroz no Brasil, se não for o mesmo. Ele é cultivado na Índia e  no Paquistão, e por aqui se encontra em lojinhas indianas ou outras asiáticas, ou em mercados como o EuroStar. Pode-se encontrar também na versão integral.


- Riso Carnaroli - é o mais comum de encontrar por aqui, o típico para risotto. Tem um ótimo ponto de cozimento, mas nunca ficará um arroz soltinho como o de grão longo. 


- Riso Parboiled - é o mesmo que o nosso parboilizado. Um arroz tratado para aumentar sua quantidade de micronutrientes, ficando tão nutritivo quanto o integral. É encontrado no mundo inteiro.


- Riso glutinoso - Arroz de origem asiática que não contém glúten, consequentemente, ao ser cozido, tem alto teor de amido.


- Riso Vialone - Um arroz típico Veronese


                Feijão encontra sim, também! Mas é um pouco caro, e como em casa não temos panela de pressão, estamos substituindo pela lentilha por ter praticamente os mesmos nutrientes.
                     Agora falando de carne, tem diferença. Principalmente no preço. A carne de vaca é muito cara,   se paga 7 euros em 3 míseros bifes. Costumamos em casa comer a de porco, que é saudável e barata, e o tradicional frango (tradicional na minha família Guanais(es)), rs. Mas se encontra também carne de cavalo (que não tenho coragem de comer, mas dizem ser igual à de vaca), a carne de coelho e a de agnelo (carneiro). E dá uma aflição, pois vendem os bichinhos inteiros, a de coelho e de carneiro, pequenos, se vê aquele corpinho inteiro, não dá vontade de comprar nem preparar. O  melhor é comprar o pedaço pra não ficar pensando. Nessas horas que penso muito e fico querendo ser vegetariana. hahaha
                    Os cortes são totalmente diferentes do Brasil, vejamos:




                 E comer não é problema aqui na Itália. Estamos na Europa, bombardeados por culturas diferentes de todos os lados, então se encontra de tudo. Agora, cada um com seu costume e gostos, não é mesmo?
                 Vivendo e descobrindo! Baci!
                       

8 comentários:

  1. Hum...este bolo aí deu água na boca...quem sabe teremos uma seção com receitinhas suas eh....srrsrs
    abraços e sucesso aí na cozinha...
    ANA CAROLINA

    ResponderExcluir
  2. Oi Carla.

    Eu comi a carne de cavalo e achei bem gostosa. Mas é claro que que contaram só depois de eu ter comido e repetido.
    Aí, já era...

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  3. Ana, receitinhas: a melhor amiga: a internet! kkk.. claro que adapto algumas coisas.. quem sabe não publico. rs. bjus
    Elvira, até experimentaria, rs... a gente vê aquela carne tão vermelhinha (mais que a de boi), deve ser boa. Mas tenho dó dos cavalinhos! rs.. bju

    ResponderExcluir
  4. Il semble que vous soyez un expert dans ce domaine, vos remarques sont tres interessantes, merci.

    - Daniel

    ResponderExcluir
  5. nossa que orgulho Ca, varios pratinhos....rsrsrs
    quem te viu quem te ve!!!!kkkk Qdo voltar vai ter q fazer esse bolo de laranja e maça pra mim!!!!rsrsrs
    Adorei saber...rs bjaum Bruna prima

    ResponderExcluir
  6. Merci Daniel, =).
    Bru luuuuuuuuuuuuuu! que bom ver uma prima comentando! amo vc. pode dxar que farei umas receitinhas! vc pode vir aqui prová-las também! beijos. te amo!

    ResponderExcluir
  7. Bruna comentou tanto dos seus pratos que vim aqui conferir!!.. Irado Ca... acho que vc ta cozinhando melhor que o Tiago viu.. pq na época em que morei com ele.. era arroz, soja e uns leguminhos.. nada sofisticado como esta fazendo!!.. Parabéns e Bon appetit!!! :)

    ResponderExcluir
  8. Oi carlinha!passa a receita de Tortellini ao molho branco com espinafre,hmmm ja meu deu vontade!!kkkkkkkk

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...