24/08/2012

Calefação/Aquecimento: tipos, vantagens e desvantagens

Calefação = Riscaldamento. É um sistema de aquecimento doméstico, para os dias frios, claro. E existem diversos tipos, vamos conhecer alguns, as vantagens e desvantagens.

É importante na hora de alugar casa, comprar ou instalar um novo sistema de calefação, conhecer cada um.
A escolha do sistema melhor é mais difícil do que parece. Além dos custos de instalação e funcionamento, existem outros aspectos importantes a considerar, como a facilidade no uso, espaço que ocupa e manutenção do mesmo. Além disso tudo, a preocupação com o meio ambiente, é claro, na escolha do tipo de combustível empregado, podendo ser menos ou mais ecológico.
Clicando na imagem abaixo, abre um link de melhor visualização do gráfico comparativo.

Vejamos então:

- A DIESEL :  - Emprega um alto custo de combustível;
                       - Investimento inicial médio
                       - Ocupa um espaço considerável (cisterna)
                       - É um combustível poluente
                       - Tem riscos ambientais devido ao transporte do combustível
                       - Disponibilidade limitada do combustível
                       - É prático e fácil de utilizar 

- A GÁS METANO:  - Custo médio do combustível                
                                   - Pouco investimento inicial
                                   - Ocupa pouco espaço
                                   - Não exige estocagem do combustível
                                   - Combustão pouco poluente
                                   - Riscos ambientais devido ao transporte do combustível
                                   - Disponibilidade limitada do combustível
                                   - Prático e fácil de utilizar

- A GPL : - Alto custo do combustível
                - Pouco investimento inicial
                - Exige um bom espaço para a cisterna
                - Combustão pouco poluente
                - Riscos ambientais devido ao transporte do combustível
                - Disponibilidade limitada do combustível
                - Prático e fácil de utilizar

- A PELLETS : - Baixo custo do combustível
                         - Investimento inicial médio
                         - Exige um espaço para o silo de estocagem
                         - Balanço de emissão de CO2 zero, pois respeita o ciclo natural do gás carbônico.
                         - Trabalhoso para limpar (remover cinzas)
                         -  Exige pellets de boa qualidade

- CALDEIRA A GÁS DA QUEIMA DE MADEIRA:  - Baixo custo do combustível
                                                                                     - Investimento inicial médio
                                                                                     - Exige espaço para o estocagem do combustível
                              - Balanço de emissão de CO2 zero, pois respeita o                                     ciclo natural do gás carbônico 
                               - Alimentação manual da caldeira
                               - Trabalhoso para limpar
                                - Apoia economia local





- APARAS DE MADEIRA: - Baixo custo do combustível
                                            - Investimento inicial elevado
                                            - Exige espaço para estocagem do combustível
                                            - Problemas ocasionais para obteção de lenha seca
                                            - Balanço de emissão de CO2 zero, pois respeita o ciclo natural do gás
                                            - Trabalhoso para limpar
                                            - Apoia a economia local     

- BIOMASSA: - Custo médio do combustível
                        - Investimento inicial limitado para aquisição da estação de troca térmica
                        - Não exige estocagem do combustível
                        - Sistema ecológico para a produção de energia, desde que o fornecedor não seja longe.
                        - Atenção às condições contratuais

- BOMBAS  GEOTÉRMICAS DE CALOR : - Baixo custo do combustível
                                                                        - Investimento inicial elevado
                                                                        - Sistema ecológico para a produção de energia 

- BOMBAS DE CALOR COM COLETORES DE SUPERFÍCIE HORIZONTAIS: 
                           - Baixo custo do combustível
                           - Investimento inicial elevado
                           - Grande exigência de espaço para os coletores 
                           - Sistema ecológico para a produção de energia     

Em apartamentos, a calefação geralmente é inclusa no condomínio quando o sistema é centralizado. Aí é que se deve analisar o tipo de sistema utilizado para analisar custos. Os sistemas centralizados geralmente são os mais simples (de combustível líquido), mas que consomem muito e com alto gasto.

Na hora de alugar, é aconselhável a escolher uma casa com calefação autônoma, assim é possível controlar os horários de aquecimento, níveis e controlar assim os gastos! Coisas que num sistema de condomínio não é possível fazer!



A maioria dos sistemas são os antigos, a sifões. Os sifões normalmente ficam embaixo ou perto das janelas (e isso exige janelas duplas e bem vedadas para não perder calor).  Apartamentos e casas novas já estão sendo utilizados sistemas de aquecimento no pavimento (piso), o qual tem distribuição mais homogênea. Existem também aquecimento à battiscopa (que percorre toda a casa pelos rodapés) e até aquecimento em todas as paredes. Claro são bem mais caros!

É isso aí!
Baci a tutti!
                                         

2 comentários:

  1. Parabéns mais uma vez,muito esclarecedor!!No caso de apartamento,o autônomo,acredito ser o melhor,pois vc pode regular a temperatura que quiser, na hora que quiser,não é isso?Quanto se gasta +ou-com o centralizado?Obrigado Carla pelas informações,estou aqui só fazendo os calculos para uma família de 4 pessoas. Com o calor que vcs estão passando,não sei como conseguiu escrever sobre aquecimento.hahaha bjo e boa sorte.

    ResponderExcluir
  2. é isso mesmo Mauricio, o autônomo tem essas vantagens! Nós aqui por exemplo, estamos num apartamento de riscaldamento centralizato, pagamos 150/ mês de condomínio, que inclui aquecimento, água e manutenção do condominio (que nao tem elevador)! É carissimo, justamente porque usa um aquecimento à combustível líquido.... baci

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...