08/06/2011

Referendum 2011

                         Nos dias 12 e 13 de junho acontererá o Referendo mais falado da Itália. Serão votadas 4 leis e, já que é um referendo de revogação, os eleitores devem decidir se revogam as tais leis ou não.


                         São as seguintes:

- Procedimentos para a atribuição e gestão dos serviços públicos locais de importância econômica. Revogação. (A questão prevê a revogação das regras que atualmente permitem em confiar a gestão dos serviços públicos locais a operadores privados, no caso, a água).  


- Determinação da taxa de serviço de água com base na remuneração adequada do capital investido. Revogação parcial da regra.(A questão propõe a revogação das normas que regem a determinação da tarifa de abastecimento de água, a quantidade de que ainda hoje proporciona um retorno sobre o capital investido pelo operador, ou seja, obtendo lucro em cima de um bem público: a água.) 


- Revogação das novas regras que permitem a produção no seu território de eletricidade de origem nuclear. (a questão é dizer NÃO à construção de usinas nucleares na Itália. Depois do que aconteceu no Japão, até quem tem está desativando-as).



- Revogação da lei do Legítimo Impedimento, a qual  diz o Presidente do Conselho dos Ministros e os Ministros podem "faltar" aos seus julgamentos e nunca serem responsabilizados pelo crime que cometeram. (Essa é a mais polêmica, estava "camuflada" em entre as "populares" da água e nuclear).



                 A questão é: TODOS OS CIDADÃOS ITALIANOS DEVEM COMPARECER ÀS URNAS E VOTAR SIM NAS 4 FICHAS!
                  Esses são os referendos nacionais, alguns comunes como Milão terão seus referendos comunales, mas isso falarei no próximo post.
                  Baci! 
                   
                   




 



3 comentários:

  1. Legal isso do governo chamar as pessoas para dar votar e participar mais ativamente da política.

    Ai é que nem no Brasil que somos obrigados a votar ou é que nem os EUA que vota quem quer?

    Bjs,
    Manddy
    http://tourdubaiguide.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. olá Manddy! Não é que foi o governo que "convocou", mas sim quando essas tais leis foram aprovadas, a população foi contra, fez um abaixo-assinado para que fossem revogadas. Assim, foi marcado um referendo. Aqui o voto não é obrigatório, poucas pessoas acabam indo às urnas, mas neste referendum tem uma forte propaganda em cima para que as pessoas exerçam o seu direito, afinal, as coisas têm que mudar! bju

    ResponderExcluir
  3. Na Italia é igual aos EUA aonde vota quem quer.

    Lembre-se Manddy, que no Brasil é assim pois tivemos uma forte ditadura e o governo acha que devemos exercer o nosso direito e dever de voto obrigatorio, pois ficamos muito tempo sem votar.

    Outra modo de pensar e comparaçoes entre Italia, EUA e Brasil sao diferentes pois possuem movimentos politicos e culturais diferentes.

    Ah, aqui nao tem voto eletronico, sendo a cedula de papel e gigante tambem...

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...