30/03/2011

Museo degli Strumenti Musicali - Castello Sforzesco

                    Continuando a falar sobre Museus, mais uma mostra permanente do Castello Sforzesco é o Museu  dos Instrumentos Musicais. Muito interessante, com instrumentos expostos de século XVI ao novo milênio.








                  Pelo site também é possível saber mais sobre o museu e fazer uma visitinha virtual.
                  O interessante é que no Museu acontece vários eventos relacionados à música, claro. Concertos, conferências e muito mais. Vejam a programação até maio deste ano clicando aqui.
                  Baci e atá mais!

29/03/2011

Museo d'Arte Antica

                      Uma outra mostra permanente do Castello Sforzesco é o Museo d'Arte Antica, que fica no Primo Piano da Corte Ducalle.
                      Muitas obras expostas, que vão de quadros, objetos, esculturas, armas e armaduras.
                      Vale a pena conhcer e fazer uma viagem pela História.
                      Pelo site, é possível fazer uma visita virtual e conhecer um pouco o Museu.
                      Vejamos algumas fotos que fiz na minha visita:


                 Esta a seguir é uma das obras mais famosas do museu, é o Monumento Fúnebre de Gaston di Foix, de Bambaja.











                    Pra quem quiser maiores informações, clique aqui.
                    Baci.

28/03/2011

Muda a estação, doam-se as roupas!

                A primavera finalmente chegou! Com ela muitas cores, muitas flores, muita alegria!                  
                A paisagem daqui está colorida principalmente pelas cerejeiras. Bellissime! Rosas e brancas!




                  E um costume por aqui é na mudança das estações, doar tudo aquilo que não vai mais ser usado: roupas, calçados, etc. Pela cidade há diversos pontos de coleta, "containers" do Caritas, Croce Rossa, entre outros.



                        Como por aqui se vestir é barato, muitas das roupas são utilizadas somente uma estação só. E assim, são recolhidas como doação por essas instituições para ajudar aos mais carentes.

                       Até eu já fiz a minha parte!
                       A temperatura está aumentando, os ânimos subindo, parques florecendo e enchendo de gente, tudo ficará mais animado! 
                      Beijo e boa primavera para quem está no hemisfério norte, bom outono para quem está no sul!
                      E até mais!

25/03/2011

Por aqui é diferente... parte 5

                          Sexta-feira de Sol e calor!! Vamos a mais uma da série "Por aqui é diferente"???
                         Já estamos na parte 5 heim????

- Por aqui se vende beterraba já cozida, embalada à vacuo, pronta para consumo.



- Por aqui tem lavanderia self service, por fichas.


- Por aqui o pedagio também é self service (io "fai da te" é muito comum nessas terras, "empregos roubados"?)



- Por aqui linguiça é Salsiccia; já a nossa Salsicha é chamada de Wurstel (do alemão), salsiccioto ou  Salsiccia Hot dog.



- Por aqui o Mc Donalds é verde e amarelo, e se paga pela mostarda e catchup (0,20 euro). Os lanches e os sorvetes são diferentes, não tem o Mc Tasty que tanto gostava... nem o Top Sundae.... :(


- Por aqui se noticia casos de suícidio frequentemente nos jornais. Diferentemente do Brasil, onde isso é evitado para evitar "imitações", para que não seja um "incentivo". Há até uma "tag" nos sites de jornais para notícias de suicídio.


- Por aqui se usa lápis labial de cor diferente do batom!! Credo!


- Por aqui Daniele e Andrea são nomes masculinos. Estranho né?

                   A parte 5 é essa! Tão diferente assim?? Hummmmm.... Vamos ver o que mais vem por aí!
                   Bacio ed un buon fine settimana!!!



24/03/2011

Caffè all'italiana


                Para quem  não leu  no Brasil com Z, aqui vai meu post sobre o café na  Itália.

Os italianos amam café e não dispensam uma xícara pela manhã, outra depois do almoço, depois da janta e por aí vai. A maneira de preparar o café mais famosa aqui na Itália é o expresso, claro. Afinal essas maquininhas foram inventadas aqui. Com ela se faz o famoso café de bar, o caffè espresso. Há nas versões domésticas, e muitos italianos têm uma em casa.

O segredo do café italiano, forte, encorpado e com um aroma único é devido ao funcionamento da máquina. A máquina é composta por uma “caldaia”, recipiente no qual a água ferve e o vapor aquoso passa pelo pó (que fica compactado e é chamado de “torta”) em uma alta pressão, extraindo muito mais e com muito mais aroma – no ponto de vista da física, o café e feito por “percolação”. A máquina faz porções de 30 mL em média, e esse é o café curto italiano, o caffè espresso.
Mas, a máquina mais tradicional aqui na Itália é a Moka, também chamada de macchinetta. Essa sim, com certeza, todo mundo tem uma em casa (até aqui em casa tem)!
Essa “chaleirinha” segue o mesmo princípio da máquina de café expresso, como é possível ver pela figura acima. Tem tamanhos para 1 até 18 cafés.
Os italianos dizem que o segredo está na qualidade do café e da água, esta que deve ser mineral de boa qualidade (sim, porque a água da torneira daqui da Itália é potável, mas com alto teor de calcário – Cálcio e magnésio, além dos carbonatos e bicarbonatos, que alterariam a qualidade do café).
Tem um site que ensina como fazer um bom café na Moka. Cliquem aqui para ver
E como os italianos AMAM café, inventaram um monte de “versões”: Caffè al volo, Caffè alla caffeina, Caffè americano, Caffè arabica, Caffè basso, Caffè bollente, Caffè brasiliana, Caffé canario, Caffè cappuccino, Caffè cioccolato, Caffè con nuvoletta, Caffè corretto, Caffè corto, Caffè doppio, Caffè in vetro, Caffè marocchino, Caffè mocha, Caffè normale, Caffè ristrettissimo, Caffè romano, Caffé solo, Caffè spremuta di arabica, Caffè spremuta di brasil, Caffè spremuta di chicchi, Caffè spumato, Caffè super, Caffè turco, Caffè usa, Goccia di caffè con crema di latte, Goccia di caffè con latte senza schiuma… Ufa!!!! Quantos!!! Mas claro, os mais famosos e consumidos são o “espresso”, “ristretto”, “macchiato”, “lungo”, “marocchino” e o famoso “Cappuccino”.
Bem, o “espresso” já falamos, o “ristretto” é também chamado de “caffè basso”, é preparado da mesma forma do espresso, mas em uma porção equivalente a menos da metade do espresso, e é indicado para quem toma café várias vezes ao dia. É saboreado sem açúcar, e se toma em um gole só. É um café tradicional na Itália.
O “macchiato” é o expresso com “uma gota de leite”, como se fosse o “pingado” brasileiro. Não chega a ser um café com leite, e sim um café “manchado” pelo leite mesmo.
O “lungo” é feito como o expresso, mas deixando “percolar” uma maior quantidade de água, tornando-o assim, menos forte e em maior quantidade.
O “marocchino” é preparado com base de café expresso, cacau em pó (ou chocolate tipo fondente, que é o amargo) e creme (que aqui é chamado de panna). É servido em copo de vidro.
O famoso “Cappuccino” não é como a maioria pensa: café, chocolate e leite. Na verdade o cappuccino é o café expresso adicionado à espuma de leite. Só!
O mix de café, chocolate e leite na verdade é o “Mocaccino”! Que é preparado com cappuccino, creme e chocolate em pó.
Ficou com vontade?? Hummm. Delícia. Eu nunca fui chegada muito no café, ainda mais o brasileiro que perto dos daqui parece mesmo um chafé. Hahahaha! Mas agora, hummm, nada como dar uma volta na cidade, parar num bar ou num caffè e saborear uma das versões.
Delícia!

23/03/2011

8 anos....

                          Há 8 anos atrás, eu era pedida em namoro, de joelhos. Romântico não? Pois é! Romântico, engraçado, corajoso, determinado, teimoso, rebelde, homem, moleque. Esse é meu marido. 


                        Hoje estamos completando 8 anos que estamos juntos. Não há palavras pra expressar nosso amor, toda a história que construímos. 
                          Eu fui pedófila, 4 anos mais velha, ele só tinha 17! hahaha.
                          A diferença de idade não atrapalhou em nada. E aqui estamos, 8 anos juntos, casados há 1 e imensamente felizes, vivendo nossos sonhos, sonhos tão almejados e planejados, aqui na Itália.
                          Para marcar essa data, fiz um vídeozinho com fotos nossas, desde o início. Com toda nossa história, até o tempo de namoro por skype, dos longos 7 meses que ficamos separados, enquanto ele ajeitava tudo por aqui, para eu vir. E é uma história que começou há 8 anos e não tem data para acabar. 
                 A música do vídeo, foi a primeira música que tocou para mim ao violão... eu já estava apaixonada, e pela música escolhida, ele também!!! hahaha
                          Compartilho com vocês a nossa história de amor e felicidade!

video

                            Ti, te amo, para sempre! 

Museo Egizio - Castello Sforzesco

                           Um dos museus permanentes do Castello Sforzesco é o Museo Egizio, no qual se tem relíquias do Egito antigo. Múmias, papiros, objetos, sarcófagos e muito mais.
                                         
                                      

                          


                          

                         Impressionante saber como era a vida, mais ou menos, há mais de 2000 anos antes de cristo. A exposição tem objetos datados de 3000 a.C a 1000 d.C. 
                               Mais informações sobre o museu, clique aqui, aproveite e faça a visita virtual!! 
                               Baci!

22/03/2011

Giornata Mondiale dell'acqua 2011

                      Hoje é o Dia Mundial da Água. O mundo inteiro põe em pauta a água, esse bem precioso, fundamental para nossas vidas. 


                           Eventos de conscientização acontecem por aí, por aqui não é diferente. Para saber o que acontece em Milão, clique aqui.
                      Já comentei no blog sobre a água distribuída à população, que é potável e que se pode e deve ser consumida direto da torneira. Mas não agrada a todos, por haver teores de calcário maiores do que estamos acostumados no Brasil. Mas não desagrada só aos brasileiros, aos italianos também, e as águas minerais engarrafadas são cada vez mais consumidas.
                         A Itália é farta em água. Dona de diversos cursos d'água, lagos, e rios. É conhecida pelas fontes pela cidade, os bebedouros em todos os parques e calçadas. 

                               
                       Aqui nas redondezas de Milão, quem administra a água pública é a Amiacque. Uma sociedade entre 12 empresas públicas.
                               E é justamente essa sociedade que divulga a qualidade do seu tratamento, incentivando à todos beberem água da torneira. 
                               

                        Em próximos posts quero falar sobre as águas da região de Milão, melhor dizendo os cursos d'água. Como eram os rios, como foram "remanejados", quais problemas foram causados, como é hoje, etc.
                        Mas por enquanto só quero dizer que a água deve ser utilizada de forma consciente, assim como se deve preservar suas fontes (rios, lagos, lençóis). Por isso, não polua, separe seu lixo, não descarte nada no ambiente.
                      O planeta agradece!
                      Baci
                         

Mostra Michelangelo Architetto - Castello Sforzesco

                    Até 8 de maio deste ano estará acontecendo a mostra de Michelangelo, o Arquiteto, no Castello Sforzesco, em Milão.
                    A mostra expõe desenhos originais de Michelangelo, cartas e projetos arquitetônicos de obras que foram concluídas como a Biblioteca Laurenciana, Basílica de São Lourenço, Porta Pia entre outras.


                  
                      Vale a pena conferir! Alguns desenhos são tão minuciosos, com efeito 3D que impressiona.
                       São relíquias de um gênio!
                      Maiores informações sobre a mostra no site do comune de Milão.
                      Baci!

21/03/2011

Dirigir, Pedalar, Cozinhar....

                   Semana passada publiquei no Brasil com Z um post falando sobre as 3 coisas que eu não fazia antes de morar no exterior. É uma blogagem coletiva entre os colaboradores do blog onde todos estão contando no que mudaram, o que aderirarm às suas rotinas.
                   Para quem não leu lá no Brasil com Z, vou republicar aqui nos Sonhos na Itália.
                
Dirigir, pedalar, cozinhar...



Não é nome de livro, nem filme, e qualquer semelhança é mera coincidência! hahaha.
São as três coisas que eu não fazia no Brasil e agora faço na Itália. Claro que não é nada de tão diferente ou estranho, tenho certeza que depois que eu estiver alguns anos aqui, terei adequado à minha rotina outras coisas que eu não fazia no Brasil. Mas nesses quase 5 meses, são essas.
Vou me justificar ok?
Dirigir…
Eu tinha carteira de motorista no Brasil, mas odiava dirigir. Tinha um certo medo, pânico. Medo de bater, pânico de acidente, etc. Na verdade, creio eu, tudo porque eu não tinha o meu carro, e não tinha experiência nenhuma. Não gostava de dirigir o carro do meu marido, ainda namorado (aliás, o carro nem dele era, era da mãe dele!), me sentia insegura em dirigir e acontecer alguma coisa. E por aqui é diferente. Compramos um carro, tive que enfrentar o medo a inexperiência e sair dirigindo por aí! E não é que está dando certo!
Dirigir para mim não é mais um problema. E aqui é tão diferente. O trânsito é tranquilo, as pessoas são menos afobadas, menos estressadas, mais educadas, então tudo fica mais fácil. E aos poucos estou aprendendo a “dominar” o volante. Claro que ando por aqui, por perto, ainda não fiz nenhuma viagem longa, nem me arrisquei a ir a grandes centros de carro, mas logo isso será natural para mim.
Pedalar…
Tive algumas bicicletas na minha infância, e na pré adolescência também. Mas quando ela virou casa de aranhas e suas teias, meus pais resolveram vender e falaram que nunca mais me dariam uma bicicleta! hahaha. E nunca mais tive mesmo.
Mas chegando aqui, meu marido tinha comprado uma bicicleta. E vi que nas ruas isso era a coisa mais natural do mundo. As pessoas vão à feiras, mercados, estações de trem de bicicleta. Claro que no inverno isso diminui um pouco, mas bicicleta aqui é muito mais comum do que no Brasil.
Depois de tanto tempo sem andar de bicicleta, vi que isso a gente nunca esquece mesmo. E enquanto não tínhamos carro, ia para lá e para cá na maior felicidade, de bicicleta!! Alguns lugares as pessoas nem colocam a corrente para não roubarem, principalmente se for uma bicicleta velha. Agora  a nossa novinha, já tentaram roubar mas não conseguiram estourar a corrente. Por isso, nunca deixamos de colocá-la. Voltar a pé para casa frustrado não dá né? E ainda tenho aquela coisa de paulista, com medo de roubo, assalto, o que é bem menos comum por aqui.
Mesmo com o carro às vezes ainda ando de bicicleta. Quando o tempo está bom. Tenho certeza que na primavera e verão muitos vão sair de casa de bicicleta, tendo assim uma vida mais saudável!
No centro de Milão tem aluguel de bicicletas para passear pela cidade, se deslocar da estação para onde quiser. Muito legal. Foge do trânsito e ainda curte a cidade de uma maneira menos sedentária.
Cozinhar
Até vir para a Itália, nunca tinha cozinhado de verdade. Sabia fazer um bolo, uma vez fiz um strogonoff (com ajuda), mas o trivial arroz e feijão do dia-a-dia nunca tinha feito! Falava que quando casasse quem iria cozinhar era o Tiago e eu ia lavar a louça, já que ele é um cozinheiro de mão cheia!
Mas as coisas não ficaram bem assim. E foi bom! Pois aprendi na prática tudo o que eu sabia em teoria, vendo minha mãe, minha vó e até o Tiago cozinharem. E gostei! Claro que a rotina de cozinhar todo dia é chata, mas fiquei feliz em saber que não sou um desastre na cozinha, me saio bem e  até agora não fiz nada que desagradasse. hahaha!
Aprendi a cozinhar na Itália, mas ainda cozinho comida brasileira. Mas quero aprender a fazer pratos italianos claro, quem sabe um dia abrimos um restaurante! hahahah.
Bem, quais serão as próximas coisas que adequarei à minha rotina… hum.. vivendo e aprendedo!
Baci a tutti!!

20/03/2011

20.000 visitas!! Obrigada!

                   O "Sonhos na Itália" essa semana completa 7 meses, 5 meses na Itália e já recebemos mais de 20.000 visitas!! Além disso temos já 74 seguidores e foram feitos mais de 560 comentários, tudo isso em tão pouco tempo!


                    Por isso, estou aqui para agradecer. Agradecer o carinho, a amizade, a atenção de todos vocês que curtem o blog, acompanham, comentam e seguem. Também àqueles que leem e não clicaram no seguir! Sei que tem muito isso!


                     Desejo a todos uma ótima semana, e continuem acompanhando meus sonhos.
                     Beijos!!!
                     Grazie mille!!!

19/03/2011

19 marzo, Festa del Papà!

                        Hoje é o Dia dos Pais aqui na Itália. A comemoração é difundida em todo o mundo, mas cada país te sua data comemorativa. 


                          O primeiro registro de que a data foi festejada é documentado de 19 de junho de 1908, nos EUA. Aqui na Itália é comemorado 19 de março por ser o dia que se selebra San Giuseppe (José, "pai' de Jesus), que encarna a figura de pai, marido.
                           A festa di San Giuseppe é caracterizada por manifestações folclóricas por toda a Itália.
                         Há também receitas típicas da data, como Zepolle di San Giuseppe e Fritelle di mele (maçã) e Fritelle di riso (arroz). Nas fotos, na sequência citada. Para saber mais sobre a festa e as receitas clique aqui.

          

                     Diferente do que acontece no Brasil, não vi nenhuma "exploração" comercial relacionada à data. Segundo li, os pais são presenteados com objetos, cartões feitos pelos próprios filhos, bem original.
                       Bem, mesmo que no Brasil o Dia dos Pais é só em Agosto, quer dizer pro meu pai que o amo. E que sou grata sempre, por tudo o que fez por mim até hoje. Por ser um exemplo de luta, garra, amor e vida.


                         Pai, te amo. Saudades imensas. Beijos da sua Pituca!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...