29/01/2016

Classe médica italiana: 65% é mulher

Segundo pesquisa, cerca 65% da classe médica italiana com menos de 35 anos é mulher.
É um recorde europeu: mulheres são mais empáticas e capacitadas, são maioria também em sala operatória, como acontece em Milão: num um centro cirúrgico especializado em mãos, de 87 profissionais, 78 são mulheres.
E as mulheres médicas são cada vez em maior número: há anos as estudantes da faculdade de Medicina e Cirurgia são mais numerosas do que os homens, em um percentual sempre acima de 60%.


foto: insalutenews.it


foto: insalutenews.it

Muitas mulheres também terapeutas, psicólogas, enfermeiras, mas sobretudo cirurgiãs, escolhidas por terem uma manualidade, familiaridade com a microcirurgia, instinto de cura e empatia que muitas vezes os homens não possuem.
Segundo a pesquisa, mulheres também suportam melhor os ritmos massacrantes da sala operatória e dos prontos-socorro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...