19/02/2011

Por aqui é diferente... parte 4

              Gosto do "sucesso" da série de tópicos do "Por aqui é diferente...". São sempre bem comentados e discutidos. Vou sempre reunindo "pérolas" ou coisas interessantes mesmo. E aqui vai o 4º:

-  Por aqui posto de gasolina é self service, a maioria.


- Por aqui, cigarro também se compra em máquinas self service.


- Por aqui,  a placa de transito PARE é STOP.



- Por aqui, a salada é o útimo prato a ser saboreado, primeiro a massa (primo piato), seguido de uma carne (secondo piato), e depois verduras ou a salada (contorno). Os restaurantes têm durante a semana o Menu Fisso, que são os pratos mais uma bebida e café por um preço fixo. Econômico e bem servido!



- Por aqui os interruptores dos cômodos é do lado de fora deles, demorei a me acostumar, sempre ficava procurando do lado de dentro. (Como eu disse, geralmente sala e quarto são iluminados por abajures, mas cozinha e banheiro normalmente é luz de teto mesmo).

- Por aqui os filmes nos cinemas são sempre dublados. A dublagem italiana pelo menos parece ser boa. Pois no Brasil fugia dos filmes dublados, exatamente porque a dublagem brasileira é péssima! E olha que no Brasil tem o prêmio Yamato, conhecido como o Oscar da Dublagem!!! No cinema se compra lugares numerados, e isso é respeitado, cada um senta no seu lugar.



- Por aqui tem massa de bolo pronta, é só despejar na fôrma e pôr para assar..huuumm, fácil e uma delícia.



               Por enquanto é isso! Bom fim de semana de sol, céu azul e alegria para todos vocês!
              Baci!

14 comentários:

  1. Mulher e os intervalos no cinema??? Eu acho peeeeeeesssssssssssssimooooooooo!! A gente ta no maior climao do filme, de repente?? INTERVALO. Que horrorrrrrrrr.

    Essa dos interruptores é boa kkkk!

    E o cigarrinho pra comprar no self service precisa ter Codice Fiscale para colocar na maquininha (aqui ja meteram cartao telefonico e o cigarro saiu kk)

    Qual sera a fase 5?? To curiosa...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Carla,

    Achei teu blog uma graça! Moro em Curitiba, casada há 25 anos com um italiano. Por isso, tenho família em Roma e estou sempre indo para lá. A séria "por aqui é diferente" é perfeita, adorei. São aquelas coisinhas que fazem brasileiros parar para pensar.
    Te convido a visitar meu blog, onde tenho uma página sobre a última visita à Italia, e logo começarei outra (em março estarei aí novamente)

    Um abraço,


    www.arteamiga.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga , então, particulamente eu odeio a dublagem daqui!

    sao sempre as mesmas vozes. nas publicidades eles falam rapido. affe.. nao gosto.

    nem ligo a tv poque deixar ligada me deixa nervosa.... da raiva as mesmas vozes e as mesa publicidades..

    MINHAOPINIAO HEIM?
    nao fica brava..kkkkk

    beijinhos da uma passada no blog

    http://suonatadiinverno.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Verdade Brenda, mas só filmes mais longos têm intervalo; aguarde então a parte 5!!

    Legal Jô! Bem vinda, pode deixar que vou fazer uma visita lá. beijos

    Oi Rê! É então, como estou há pouco tempo ainda não percebi as mesmas vozes, mas no sentido de dublagem de som das vozes, e manter a do ambiente, é melhor que a do Brasil. Que ou fica com as vozes baixas que ninguem escuta direito, ou alta que não se ouve o som do ambiente, ou fica total só vozes, sem som de passos por exemplo..rs. Já voltou de férias? vou passar lá. beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla.

    Sempre achei essa história de filme dublado muito chata mas pior são os intervalos.

    Muitos pedágios também são self-service. O ruim é quando a máquina não aceita a nota pois está amassada e começa a formar uma fila enorma atrás do carro...

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  6. Oi, Carla

    Aqui em casa, os interruptores fora do comodo sao so os do banheiro. Dizem que é para proteger da umidade (mas tem aqueles do espelho!). Parece ser um habito europeu, ja que me disseram que em Portugal também é assim.

    Ja vi restaurantes aqui (italianos e chineses) que servem a salada como "antipasto" ou atè prato unico/primeiro.

    Ainda bem que nunca assisti a um filme com intervalo. O cinema perto de casa tinha esse esquema, parece que agora nao tem mais. Precisaria assistir a um filme longo como "Senhor dos Anéis" para ver se realmente abandonaram esse habito.

    Eu prefiro dublagem, mas aqui da Italia. Do Brasil é ruim e cheia de sotaques ou vozes que nao combinam com o personagem. Tenho um sério problema com as legendas: nao consigo ficar sem ler, mesmo sabendo a lingua original. Desconcentra.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. É verdade Elvira, mas o intervalo só vi uma vez quando assisti o Harry Potter, por isso acho que são os filmes mais longos mesmo. Verdade! os pedágios! Ainda bem que ainda não recusaram nenhuma nota minha. hahah. beijos

    Oi Ju, estava sumida heim?! Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Carla

    Sumi mesmo! Preguiça e a correria do dia a dia. Gostaria de ter mais tempo para visitar o blog de todos os amigos/leitores.

    ResponderExcluir
  9. Eu simplismente ADOOOORO essa seção Por aqui é diferente...
    E você é uma graçinha de pessoa, me faz mto bem ler seu blog pois assim vou alimentando meu sonho tambem! Obrigada por compartilhar suas experiencias.
    Felicidades!

    ResponderExcluir
  10. Obrigada Nadriane!! de coração! Continue a sonhar comigo então, rs.. beijos e tudo de bom pra vc.

    ResponderExcluir
  11. olha,eu to desestando roma,cheio de estrangeiro,feio,mal encarado tudo la da africa que não tem um pingo de higiene,nossa quando cheguei aqui fiquei hororrizada,da imuldisse dessa cidade,não é mais suja por falta de espaço.o transporte publico horrivel tudo lotado,nossa ate mesmo nos centros historico os onibus tudo lotado,sem um pingo de consideração aos turista que vem pra ca.pra gastar o dinheiro deles nesta bosta.

    ResponderExcluir
  12. infelizmente o comentário acima não se identificou. Quase não publiquei, porém decidi fazê-lo pois o blog está aberto para todo mundo dar a sua opinião. Mas o comentário acima foi de muito mal gosto e preconceituoso. Todo lugar turístico é cheio, quer lugar tranquilo fuja de grandes centros. E outra,quem acaba com o lugar são geralmente os próprios turistas. Desculpe-me, mas quer viajar? entao deixe os preconceitos e as crísticas de lado, guarde para vc, e respeite o lugar que está visitando e as pessoas que nela moram! baci

    ResponderExcluir
  13. Sou adepta do velho ditado "os incomodados que se retirem".
    Roma é como toda grande metrópole e é quase inevitável escapar dos problemas que nelas existem.
    Quanto aos imigrantes africanos, queria ver se alguém que vem de um lugar pobre para tentar a vida em um país totalmente diferente da terra natal, que pena para conseguir um emprego, que nem casa tem para morar e sequer tem o que comer quando chega exausto em casa vai pensar em roupas novas e perfumes. Infelizmente nem todo mundo tem a mesma sorte que nós que estamos aqui sentados diante de um pc.
    Carla, desculpe a intromissão.
    Baci

    ResponderExcluir
  14. falou e disse Ju! obrigada pelo comentário.. vontade de escrever mais coisas tenho, porém não vou fazê-lo para não dar mais crédito a coisas desse tipo. beijo Ju!

    ResponderExcluir

Obrigada por participar!
Seu comentário será publicado após a aprovação. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...